Escola municipal no bairro Zumbi ganha novo visual - Jornal Fato
Educação

Escola municipal no bairro Zumbi ganha novo visual

A unidade, integrada este ano ao sistema de tempo integral, conta hoje com 250 alunos matriculados


- Divulgação/PMCI

Além de ter sido integrada, este ano, ao sistema de tempo integral da Secretaria de Educação de Cachoeiro de Itapemirim (Seme), por meio do Escola da Escolha (modelo pedagógico implantado, pela primeira vez, em uma rede municipal de ensino do Espírito Santo), a escola Julieta Deps Tallon está ficando, literalmente, de 'cara nova'. 

A unidade de ensino, que fica no bairro Zumbi e conta, hoje, com 250 alunos matriculados, está passando por reforma. Dentre as intervenções feitas no local, que já tem cerca de 75% de obra realizada, destaca-se a revitalização de toda a parte externa do prédio, que está sendo repintada nas cores azul e branca, com detalhes em tom vermelho. 

"É evidente a importância da estética do prédio, que está ficando mais atrativo. Mas é essencial ressaltar, sobretudo, que as melhorias que estão sendo feitas no espaço interno vão colaborar para propiciarmos uma aprendizagem de qualidade ainda maior", comentou Cristiane Mion, gestora da escola.

Outras unidades que recebem serviços de manutenção, atualmente, são a escola municipal Anacleto Ramos (do bairro Ferroviários), que está com 90% de obra concluída; o Centro Integrado de Atividades Educacionais (Ciae) Newton Braga (também localizada no Ferroviários), com 60%; e a escola Jenny Guárdia (do bairro São Geraldo), com 40%.

E essa série de intervenções deve contemplar, em breve, mais duas escolas municipais: a Oswaldo Machado (Baiminas) e Áurea Bispo Depes (Vila Rica).

Melhorias em estrutura, segurança e acessibilidade em 23 escolas

Paralelamente, a Secretaria de Educação de Cachoeiro conduz obras de estrutura, segurança e acessibilidade em 17 unidades de ensino; e deverá atender, ainda, mais seis. Implantação de sistemas mais modernos de proteção contra descargas atmosféricas e incêndio, adequações nos prédios para ampliar a acessibilidade e pintura geral são as melhorias. 

Na escola municipal Athayr Cagnin, no bairro Abelardo Machado, as obras estão concluídas. Já em outras 16, estão em andamento.

São elas: Anísio Ramos (40% de execução), Áurea Bispo Depes (65%), Monteiro Lobato (50%), Carim Tanure (50%), Prof.ª Maria do Carmo Magalhães (30%), Maria Stael de Medeiros Teixeira (45%), Florisbelo Neves (50%), Prof. Valdy Freitas (50%), Prof.ª Juracy Cruz (30%), Ciae Newton Braga (30%), Zilma Coelho Pinto (45%), Prof.ª Thereza Valiati Sartório (30%), Reverendo Jader Gomes Coelho (45%), Maria das Victórias Oliveiras Andrade (30%), Sebastião da Rosa Machado (55%) e Anacleto Ramos (75%).

"Nossa finalidade, com a revitalização das nossas unidades de ensino, é cumprir um plano de governo focado na oferta de escolas mais acessíveis, que funcionem com plena segurança. Sendo assim, nossa intenção é ter, de fato, espaços adaptados, onde nossos alunos, principalmente os que estão matriculados nas escolas de tempo integral, sintam-se cada vez mais confortáveis", resume Cristina Lens, secretária municipal de Educação.

Comments

SEE ALSO ...