Prefeitura quer comprar mais da agricultura familiar - Jornal Fato
Economia

Prefeitura quer comprar mais da agricultura familiar

Plano de trabalho foi concluído após série de encontros promovidos entre produtores rurais e poder público


A partir de setembro entra em atividade grupo que vai promover estratégias para a melhoria da alimentação nas escolas - Foto: Divulgação/PMCI

O aumento das vendas destinadas à alimentação escolar na rede municipal de ensino e, também, para centros de assistência social é uma das metas do plano de trabalho de fomento às aquisições da agricultura familiar do município, definido nesta semana. Das tratativas participam proprietários de agroindústrias, cultivadores de hortaliças e servidores da Prefeitura

O encontro mais recente aconteceu terça-feira, no auditório do Sindicato Rural de Cachoeiro de Itapemirim. Integra trabalho de reorganização dos procedimentos de compras da prefeitura de Cachoeiro como um todo, de forma a torná-los mais ágeis.

O plano de trabalho norteará as ações da comissão do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Foi formulado pela prefeitura, com acompanhamento técnico do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e colaboração de produtores rurais.

Grupo a ser constituído no até setembro - quando, então, entrará em atividade -, vai promover estratégias para a melhoria da alimentação nas escolas, como oficinas de revisão do cardápio e treinamento para as merendeiras.

"Estamos concluindo fase importante no planejamento das aquisições de alimentos pela prefeitura. De um lado, porque vai permitir uma seleção melhor dos produtos, segundo a época da produção. De outro, os agricultores, que poderão se preparar para atender melhor às demandas. Com isso, todos ganham", avalia Robertson Valladão, secretário municipal de Agricultura e Interior.

A reunião, conduzida por uma consultora do Sebrae, teve a presença também de servidores municipais das secretarias de Agricultura e Interior (Semai), de Desenvolvimento Social (Semdes) e de Educação (Seme), que atuam em setores diretamente ligados à alimentação oriunda da agricultura familiar de Cachoeiro.

Comentários

VEJA TAMBÉM...