Câmara de Cachoeiro conquista 2º lugar em transparência - Jornal Fato
Cidades

Câmara de Cachoeiro conquista 2º lugar em transparência

A fiscalização é realizada a cada dois anos pelo TCES e tem o objetivo de verificar, sob os aspectos da legalidade, eficiência e eficácia


Com 97% de cumprimento das exigências legais, a Câmara de Cachoeiro de Itapemirim foi classificada em 2º lugar no ranking estadual de Transparência Passiva divulgado esta semana pelo Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCES).

A fiscalização é realizada a cada dois anos pelo TCES e tem o objetivo de verificar, sob os aspectos da legalidade, eficiência e eficácia, o funcionamento do e-SIC, sistema eletrônico de atendimento ao cidadão, que centraliza todos os pedidos de informação dirigidos ao Legislativo, amparados pela Lei de Acesso à Informação.  Em 2016, a Câmara de Cachoeiro ficou em 14º lugar, com 28% de cumprimento das exigências.

Para o presidente Alexon Soares Cipriano (PROS), o avanço da Câmara de Cachoeiro no ranking deve-se à dedicação dos servidores, empenhada em interpretar e atender com objetividade os requisitos legais. E, lembrando que a medição dos dados foi realizada em 2018, ele destaca ainda o comprometimento do ex-presidente Alexandre Bastos (PSB), que deu apoio e autonomia aos servidores da área.

Alexon garante que o mesmo comprometimento prossegue na gestão da atual Mesa Diretora, cuja meta é levar a Câmara de Cachoeiro ao 1º lugar em Transparência Passiva e também avançar no ranking da Transparência Ativa - informações e dados que alimentam o Portal de Transparência da Câmara. Para isso, os servidores já iniciaram o ano realizando cursos e treinamentos.

"Queremos estimular a gestão integrada da Transparência, com a participação de vários departamentos da Casa. Quanto maior a transparência, maior o controle social. E, como isso, fortalecemos a cidadania e o relacionamento entre sociedade e Legislativo", diz o presidente.    

Comments

SEE ALSO ...