Autor de tentativa de homicídio de Policial Militar, é preso pela PC em Cachoeiro - Jornal Fato
Polícia

Autor de tentativa de homicídio de Policial Militar, é preso pela PC em Cachoeiro

O criminoso é foragido do sistema prisional e ainda tem passagens na polícia por crimes relacionados a lei Maria da Penha, roubo majorado pelo uso de arma de fogo e por tráfico de entorpecentes.


A Polícia Civil prendeu um traficante acusado de tentar matar um policial militar em Cachoeiro. O crime ocorreu em setembro de 2017. Há quatro meses ele escapou da cadeia mas nesta quarta-feira (7), voltou para a prisão. O conduzido ainda tem passagens na polícia por crimes relacionados a lei Maria da Penha, assalto a mão armada e por tráfico de entorpecentes.


Policiais faziam diligências no bairro Zumbi, para apurar roubos e furtos ocorridos em estabelecimentos comerciais do Centro da cidade, quando encontraram o acusado.


 
Durante as buscas, foi encontrado e apreendido uma arma de fogo do tipo  revólver calibre 38, com o tambor municiado com seis munições,  60 (sessenta) pedras de "crack", embaladas de forma pronta para venda e um "blister", contendo mais munições do mesmo calibre, celulares e R$ 60,00 reais em dinheiro.
 
Durante a incursão, com o objetivo de recuperar produtos furtados, os policiais receberam denúncias de intenso movimento de tráfico de entorpecentes que ocorriam em uma escadaria que liga a Rua Maria Dias à Rua Renê Nogueira, local onde dependentes químicos trocavam os objetos subtraídos por drogas.

Os investigadores ao avistá-lo à distância, confirmaram tratar-se do foragido pelo qual a equipe estava à procura. Ao redor do local, que era sendo usado para seu esconderijo e para venda entorpecentes, havia alguns usuários de drogas.

A equipe adentrou na residência, que se encontrava com a porta entreaberta, e deu voz de prisão a PCC.
Durante as buscas, foi encontrada e apreendida um revólver calibre 38, com seis munições, 60 pedras de crack, embaladas de forma pronta para venda e um "blister", contendo mais munições do mesmo calibre, celulares e R$ 60,00.
 
CRIMES
Segundo o delegado titular da Deic, Rafael Amaral, em setembro de 2017, PCC, em companhia de outro bandido, portando armas de fogo, tomaram em assalto um veículo Corolla, cor prata, ocasião que a vítima conseguiu segui-los e acionou a Polícia Militar. Durante a perseguição, PCC colidiu com o veículo num poste e atirou contra os militares, acabou baleado e preso.

Ele estava preso por envolvimento nos crimes de homicídio qualificado, na forma tentada, por tráfico de drogas e roubo, mas conseguiu fugir há quatro meses, sendo recapturado ontem e apresentado ao Delegado de Plantão da 7ª Delegacia Regional, onde será autuado pelos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo, após será transferido para CDP de Cachoeiro de Itapemirim.

Comments