Marataízes dá apoio financeiro a hospital no litoral - Jornal Fato
Cidades

Marataízes dá apoio financeiro a hospital no litoral

Prefeito faz entrega de cheque simbólico ao Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim no Litoral Sul


O prefeito de Marataízes Tininho Batista fez a entrega nesta manhã de segunda-feira (03) do cheque simbólico no valor de R$ 3,8 milhões, referente ao repasse financeiro do convênio celebrado entre o município e o Hospital Evangélico Litoral Sul, instituição filantrópica localizada no município de Itapemirim. O repasse será feito em quatro parcelas. A primeira, no valor de R$ 1,1 milhão, foi paga na sexta-feira (31). As demais, de R$ 900 mil, em julho, agosto e outubro deste ano.  

O dinheiro será usado em custeio para a manutenção das atividades hospitalares, com atendimento nas áreas de referências como, oncologia, cardiologia, DST/HIV/Aids e pronto-socorro. Segundo o secretário municipal de Saúde, Eraldo Duarte, os hospitais filantrópicos enfrentam dificuldades. "Marataízes está fazendo a sua parte".

O presidente do hospital, Elizeu Crisóstomo de Vargas, ressalta que ao longo dos anos, vários serviços já foram implantados, houve modernização da gestão e ampliação da estrutura física. O objetivo, agora, é colocar em funcionamento a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), com 60 leitos, mas a obra está parada por falta de dinheiro. "Esses recursos serão utilizados na melhoria dos serviços que prestamos", diz o presidente.

A despesa mensal do Heci Litoral Sul é de cerca de R$ 1 milhão. São 170 funcionários. Mensalmente, recebe o repasse de R$ 270 mil, referente aos serviços prestados ao Sistema Único de Saúde (SUS), R$ 36 mil do Governo do Estado e os convênios dos municípios de Marataízes, Itapemirim e Presidente Kennedy.

O superintendente do Heci, Wagner Medeiros, há muita dificuldade para manter um hospital funcionando. "Com esse convênio teremos uma estabilidade financeira. Ainda não temos a UTI, mas muitas pessoas são salvas aqui, graças a nossa intervenção, à nossa equipe médica. Sempre acreditamos no prefeito, sabíamos que quando tivesse condições receberíamos esse apoio de Marataízes", relata.

 

HEMODIÁLISE

Segundo o prefeito, Marataízes investiu, em 2018, 29,7% de sua receita na área da saúde. O percentual obrigatório é de 15%. Tininho propôs à diretoria do Heci Litoral Sul convênio para a instalação de um Centro de Hemodiálise, hoje, o mais próximo, fica em Cachoeiro de Itapemirim. "Daremos melhores condições a esses pacientes e ainda iremos economizar com veículos, combustível e servidores", diz.

Comments

SEE ALSO ...