Cachoeiro recebe R$ 13,2 milhões para a saúde - Jornal Fato
Saúde

Cachoeiro recebe R$ 13,2 milhões para a saúde

O anúncio foi feito pelo deputado federal Marcus Vicente, no palácio Bernardino Monteiro


Fotos: Divulgação

 

Dayane Hemerly

 

O deputado federal Marcus Vicente (PP) anunciou na manhã desta quinta-feira (08), durante agenda no palácio Bernardino Monteiro, prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim, recursos obtidos em emenda na bancada capixaba na Câmara dos Deputados.

 

Segundo informou o prefeito em exercício, Jonas Nogueira, o município conseguiu no Ministério da Saúde, por meio do deputado Marcus Vicente, a liberação de recurso federal para a Unidade de Pronto Atendimento (Upa) do Marbrasa. Junto à bancada capixaba, foi possível obter R$ 1,2 milhão anual, sendo R$ 100 mil mensal, para a Upa.

 

"Hoje o município já investe, com recursos próprios, cerca de R$ 300 mil na Upa mensalmente. E agora teremos essa nova verba que passa a entrar a partir de abril. Além disso, nós conseguimos também uma verba de R$ 6 milhões para a Santa Casa, que também será destinado anualmente", explica.

 

De acordo com Jonas, o mesmo valor de R$ 6 milhões já havia sido conseguido para o Hospital Evangélico em dezembro e, agora, será aberta e publicada uma portaria para que os hospitais comecem efetivamente a receber.

 

"Estamos falando de mais R$ 1,2 milhão, além do que que já é aplicado pelo município na saúde, e estamos falando de mais R$ 12 milhões para a Santa Casa e para o Heci. Então, esse valor reflete no atendimento à população local e do sul do estado. Esta é uma conquista muito importante, visto que queremos melhorar o atendimento na área da saúde, com mais agilidade e qualidade para nossos cachoeirenses", reforça.

 

Obra

 

Além do recurso para a saúde, o deputado apresentou o orçamento do governo federal de R$ 15 milhões para a execução da obra de drenagem no bairro Nova Brasília.

 

A obra será realizada para amenizar os problemas causados pelas chuvas fortes no bairro.

 

"Devido à gravidade do problema do bairro, solicitamos essa verba para dar mais segurança e conforto aos moradores", comenta Jonas.

 

Técnicos da prefeitura estiveram no local e constataram que as dimensões da tubulação são insuficientes para a evasão de água. Um estudo detalhado da obra está sendo realizado para a conclusão do projeto do serviço de drenagem.

 

 

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...