Geral

Justiça condena morador de Cachoeiro que vendia dinheiro falso na internet

O criminoso foi preso em casa. Com ele foram encontrados R$ 1100 em 22 notas falsas de R$ 50.


 

Rafaela Thompson

 

Um homem, morador de Cachoeiro de Itapemirim, foi condenado pela justiça após ser denunciado pelo Ministério Público Federal, por vender dinheiro falso. 

Segundo o processo, durante as investigações, foi constatado que o homem comprava as notas de um fornecedor do Paraguai. Ele revendia e enviava para outros estados do país.

 O criminoso foi preso em flagrante durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão, na casa dele, onde foram encontrados R$ 1100 em 22 notas falsas de R$ 50.

 O rapaz também fazia anúncios e comercializava as notas pela internet.

 Antes da prisão, uma correspondência enviada pelos Correios foi interceptada pela polícia. No envelope, havia R$ 1900 em 38 notas falsas de R$ 50 com destino ao Maranhão.

 Ele confessou o crime e disse que iniciou a prática criminosa por que estava desempregado, tendo a situação financeira da família se agravado após o nascimento de um filho.

 Como o rapaz não possui antecedentes criminais, a Justiça determinou que ele cumpra pena de quatro anos, quatro meses e 15 dias, inicialmente em regime semi-aberto. O juiz do caso deu ao réu o direito de recorrer em liberdade.

Comentários

VEJA TAMBÉM...