Quase oito décadas de glamour - Jornal Fato
Festa de Cachoeiro

Quase oito décadas de glamour

O único evento ?blacktie? promovido atualmente no Espírito Santo chega à 76ª edição, na próxima sexta-feira (29)


Baile de gala oficial é realizado desde 1942 no Caçadores Carnavalescos Clube

Palco de concorridos bailes de carnaval, de debutantes, recepções de casamento, e de constantes e variadas atividades culturais até o princípio da segunda metade do século 20, o centenário Caçadores Carnavalescos Clube sedia desde 1942 o baile a rigor oficial da Festa de Cachoeiro.

O único evento "blacktie" promovido atualmente no Espírito Santo chega à 76ª edição, na próxima sexta-feira (29). Neste ano, a animação fica por conta da renomada Big Band Tupy Orquestra e Coral, regida pelo maestro Bruno Rodrigues.

Os grandes homenageados da noite são o advogado José Eduardo Coelho Dias (Cachoeirense Ausente Nº 1 de 2018) e a jornalista Regina Monteiro (Cachoeirense Presente Nº 1).

 

Prestígio

Em seus 76 anos de história, o baile de gala serviu para reforçar toda a mítica que envolve Cachoeiro de Itapemirim, sendo prestigiado por alguns dos principais astros locais.

O salão do Caçadores já foi frequentado por Roberto Carlos (Cachoeirense Ausente de 1967), o compositor Raul Sampaio (Ausente de 1969), os atores Jece Valadão (1971) e Carlos Imperial (1973), o cantor José Lopes (1999), além do "cronista-mor" Rubem Braga (1951).

Comentários

VEJA TAMBÉM...