Educação

Mais tecnologia para ampliar a aprendizagem

Nesta terça-feira (27), os profissionais da Educação participaram de Seminário Ensino Híbrido


O uso da tecnologia em favor da aprendizagem deve se tornar tônica na rede estadual de ensino (Foto: Fotos: Pedro Dutra/SECOM-ES)

O uso da tecnologia em favor da aprendizagem deve se tornar tônica na rede estadual de ensino. Nesta terça-feira (27), os profissionais da Educação participaram de Seminário Ensino Híbrido, com palestrantes de renome nacional, que proporcionaram reflexão mais profunda sobre o tema, apresentando novas metodologias de aprendizagem, em especial, tecnologias digitais que vão auxiliar os profissionais, das redes estadual e municipais do Espírito Santo, nas práticas pedagógicas.

 

 "Estamos fundando políticas públicas transformadoras e revolucionárias no Espírito Santo, como a Escola Viva e o Pacto pela Aprendizagem. O meu desejo como capixaba é que a gente evolua nessas políticas. O impacto das mudanças tecnológicas é brutal no mundo todo. Temos que potencializar cada vez mais as oportunidades que as tecnologias nos oferecem. Precisamos produzir o que é fundamental para a vida humana: o saber. Daqui a poucos anos esse pequenino estado se tornará o melhor exemplo de educação pública do nosso país", diz o governador Paulo Hartung.

 

O Ensino Híbrido é uma das maiores tendências da Educação do século 21, que promove uma mistura entre o ensino presencial e propostas de ensino on-line. É a oportunidade de semear uma nova cultura de educação, com um novo perfil de professores e de estudantes.

 

 "Muitas escolas já realizam ótimos trabalhos por meio do Ensino Híbrido. Mas queremos que isso seja feito de forma orgânica na nossa rede, para que os estudantes possam aprender a todo o momento e em qualquer lugar. Nos municípios do interior do Estado, junto com o Ministério da Educação, vamos também proporcionar internet de qualidade para pontos mais remotos. Nosso objetivo é que com a escola o jovem tenha acesso a conexão gratuita para ter acesso ao conhecimento universal", destacou o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha.

Comentários

VEJA TAMBÉM...