Alexandre Bastos já foi longe demais - Jornal Fato
Artigos

Alexandre Bastos já foi longe demais

Não haverá, como já ocorreu em outros pleitos, a chance de desistir de sua disposição de se candidatar a prefeito


Foto: Arquivo FATO

O vereador Alexandre Bastos (PSB) já foi longe demais e não poderá mais regressar ao ponto inicial. Não haverá, como já ocorreu em outros pleitos, a chance de desistir de sua disposição de se candidatar a prefeito, para concorrer a mais um mandato de vereador, sob pena de se apequenar.

Alexandre flerta com diversos partidos. Os mais citados são PSDB, DEM e MDB, embora haja muitos outros interessados em seu potencial eleitoral. Vai precisar ter muita habilidade p0ara fazer a escolha certa e, ainda, manter essas siglas em sua órbita na disputa pelo Palácio Bernardino Monteiro.

Se conseguir se viabilizar e reduzir o número de postulantes à Prefeitura, pode se tornar a principal ameaça ao favoritismo do prefeito Victor Coelho (PSB) à reeleição.

Bastos precisa, para sua sobrevivência política, sair do pleito que se aproxima maior do que entrará. Se não se eleger prefeito, deve ter votação robusta o suficiente para permitir que sonhe, no mínimo, com uma cadeira na Assembleia Legislativa.

Em apenas um cenário é possível enxergar Victor e Alexandre juntos, sem com isso detonar a ascensão política do vereador: caso componha como vice na chapa de situação. A esta altura, algo improvável, mas, em política, tudo é possível.

 



Clique na imagem para ampliar



"Cachoeiro é linda. Tem montanhas e um rio que atravessa a cidade quase toda. Enfim, ela tem algo especial"

Roberto Carlos

 



Sobe

Super creche

Quase uma década depois, a super creche do Village da Luz, enfim, começou a funcionar nesta semana. Ouvi aleluia?

 

Desce

Insatisfação

Na segunda onda pós-enchente, a insatisfação começa a bater na porta de alguns lojistas que se sentem abandonados em suas tragédias.



 

Mas, hein?!

Apesar do favoritismo do prefeito Victor Coelho, ou por causa dele, são poucos os partidos que se movimentam em sua direção neste período pré-eleitoral.

 



Vias de FATO

O presidente da Câmara de Cachoeiro, Alexon Cipriano (Pros) tem sabido manter a Casa altiva e dona da própria pauta. Não segue apenas o ritmo do Executivo.

 

Secretaria de Fazenda da Prefeitura de Cachoeiro tem a média de um secretário por ano na atual gestão.  Por diversos motivos, ninguém esquenta a cadeira por lá.

 

A Segurança Pública não quer só anistia. Quer anistia, melhores salários e condições de trabalho.

 

Pelo menos, em Cachoeiro, a Guarda Municipal está prestes a se armar de novo. Na greve da PM de 2017, os agentes foram fundamentais.

 


Wagner Santos Diretor e editor Jornalista

Comments