Iconha: missa celebra 26 anos da morte de padre Assis - Jornal Fato
Religião

Iconha: missa celebra 26 anos da morte de padre Assis

O padre conquistou, loteou e parcelou em suaves prestações o "morro da Igreja"


Foto: Divulgação

Líder, educador, padre, jesuíta, profeta, enfim, são muitos os títulos conferidos ao inesquecível batalhador, padre. Assis. Com o seu comprometimento e visão de desenvolvimento, o sacerdote foi aos poucos transformando os aspectos sociais e religiosos da cidade de Iconha. Conquistou, loteou e parcelou em suaves prestações o "morro da Igreja", oportunizando às pessoas a construção de sua casa própria.

Naquela época já enxergava a educação como princípio de desenvolvimento e, assim, instalou um Jardim de Infância, nos fundos da Igreja, para dar os primeiros ensinamentos às crianças, em seguida, construiu a Escola "José de Paula Beiriz" (hoje Escola Padre Assis), onde foi diretor por muitos anos. Com o intuito de oferecer uma melhor estrutura para as celebrações religiosas, construiu a atual Igreja Matriz, bem como a escadaria e o Salão Paroquial. Vale ressaltar que todo investimento para construção do salão veio da árdua tarefa de catação e venda de papéis e papelão, não se esquecendo da contribuição da comunidade. Desde dessa época, padre Assis já cultivava a estima pela reciclagem e cuidado com o meio ambiente.

Frans Gasmayer não lamentava e nem espera que fizessem às coisas, ele mesmo partia para a ação, o que contagiava e incentivava a todos de apoiarem e participarem de seus anseios e objetivos.

Por volta do ano de 1990, começa a ter seu estado de saúde comprometido, o que necessita da vinda de outro padre para auxiliá-lo nos serviços pastorais e acompanhá-lo no momento da enfermidade. No dia 02 de março de 1993, falece o estimado Padre Assis, que veio a ser velado e sepultado dentro da Igreja Matriz, na qual ele ergueu.

 

Celebração

Neste sábado (2), a comunidade católica de Iconha vai recordar os 26 anos de sua morte, com uma Missa celebrada na Igreja Matriz da cidade, às 19h00.

Comments

SEE ALSO ...