Plano de Desenvolvimento Regional é lançado na ExpoSul - Jornal Fato
Política

Plano de Desenvolvimento Regional é lançado na ExpoSul

O prefeito Victor Coelho comentou que a ExpoSul supera as expectativas a cada ano


Foto: Ronaldo Santos

A ExpoSul Rural 2019, maior evento do setor agro sediado no Espírito Santo, começou nesta quarta-feira (10), com público recorde, no Parque de Exposições do bairro Aeroporto, em Cachoeiro de Itapemirim. A feira, que é realizada pela Prefeitura municipal e pelo Sindicato Rural do município, vai até domingo (14).

O prefeito Victor Coelho comentou que a ExpoSul supera as expectativas a cada ano.

"Na abertura de uma exposição, com chuva, onde a gente passa recentemente por crise na nossa economia, e mesmo assim o número de expositores aumentou e as pessoas estão acreditando cada vez mais e que a agricultura é uma mola propulsora do desenvolvimento econômico para gente é muito gratificante, afirma"

O governador Renato Casagrande também esteve presente na abertura da feira para lançar o Plano de Desenvolvimento Regional do Espírito Santo.

"Consiste em envolver a comunidade no debate de um plano de desenvolvimento que vai ter tarefas do Governo do Estado e do Governo Municipal. Vamos lançar em três micro regiões e isso vai permitir que as nossas ações estruturantes estejam em sintonia com aquilo que a sociedade dessa região precisa. O desenvolvimento não vem de fora, está aqui, e é estruturando serviços públicos eficientes que nós vamos conseguir desenvolver a região", afirma.

De acordo com Casagrande, o governo municipal também pode ajudar a melhorar o ambiente de negócios, facilitando a abertura de empresas, criando um ambiente propicio, fazendo investimentos e capitando recursos para fazer investimentos municipais.

Serão criados nove Conselhos Regionais de Desenvolvimento nos municípios interioranos. Na Grande Vitória, as ações serão realizadas pelo Conselho Metropolitano de Desenvolvimento da Grande Vitória (Comdevit), que reúne os municípios da Região Metropolitana.

O objetivo desses Conselhos é criar um ambiente de articulação, integração de interesses das microrregiões, a partir das vocações, desafios e oportunidades identificadas para cada área. E, dessa forma, buscar o desenvolvimento regional integrado de forma equilibrada e sustentável.

O governador também elogiou a ExpoSul. "É uma grande festa, parabéns a todos os organizadores, expositores e toda população", diz.

A feira conta com 350 expositores do Espírito Santo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, a ExpoSul terá cinco dias de programação diversificada, que deverá atrair mais de 50 mil visitantes. Entre as atividades estão: Feira de Negócios, com presença de 98 empresas de variados portes; Exposição Agropecuária, com exposição de gado, concursos e competições; Programação Técnica, com 5 mil vagas para mais de 100 horas de capacitações gratuitas; Tecno ExpoSul, espaço dedicado a startups e novas tecnologias; e Área Demonstrativa de Técnicas e Produtos Agrícolas.

Metodologia

O diretor-presidente do IJSN, Luiz Paulo Vellozo Lucas, apresentou a metodologia do plano e pontuou a importância de intercâmbios com a participação de instituições de Ensino Superior: "Dessa forma, o conhecimento de pesquisadores locais será somado aos esforços do Governo, estabelecendo uma troca de informações, conhecimentos, experiências e práticas aplicadas ao desenvolvimento regional. Disseminando a informação para toda a sociedade civil e aumentando o potencial de se alcançar resultados efetivos", explicou.

A Secretaria Técnica dos trabalhos ficará a cargo do IJSN, juntamente com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti) e instituições de ensino e pesquisa de cada microrregião. Coordenada pelo IJSN, uma equipe de bolsistas e  pesquisadores locais trabalhará na elaboração de estudos e propostas para os Planos de Desenvolvimento Regional de cada microrregião, consoantes com as diretrizes do Plano de Desenvolvimento Espírito Santo 2030.

Está ainda no escopo técnico dos Planos a formulação de um indicador sintético de prosperidade social para cada microrregião do Estado. "Vamos monitorar sistematicamente esses indicadores. Deste modo, na medida em que as ações vão acontecendo, vamos conseguir apresentar o quanto elas estão resultando em melhorias no dia a dia e na qualidade de vida das pessoas", comentou Luiz Paulo.

Economia solidária

Ainda durante o evento, o Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), participou da assinatura do Edital de Cadastramento Público dos Empreendimentos de Economia Solidária, que tem como principal compromisso a articulação e viabilização de parcerias e condições para implementação de projetos especiais e prioritários do Governo do Estado.

"O cadastro será a identidade da economia solidária. Os empreendimentos nele registrados passam por análise e, em seguida, recebem o Certificado de Empreendimento de Economia Solidária e uma Carteira de Empreendedor da Economia Solidária. Isso possibilitará que tais empreendimentos tenham acesso às políticas de apoio à economia solidária, como financiamento, compras governamentais, comercialização de produtos e serviços", explicou o diretor-presidente da Aderes, Alberto Farias Gavini Filho.

Também foram assinadas as portarias que reconhecem a equivalência dos Serviços de Inspeção Municipais de Castelo e Guarapari para adesão ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar de Pequeno Porte - Susaf/ES.O Susaf/ES é um sistema que visa promover a equivalência entre os serviços de inspeção municipais (SIM) e o estadual (Serviço de Inspeção Agroindustrial de Pequeno Porte - Siapp), harmonizando os procedimentos de registro, inspeção e fiscalização das agroindústrias de pequeno porte de origem animal do Estado.

Na prática, isso significa que a comercialização desses produtores, inicialmente restrita ao município, poderá se estender ao Estado, desde que o município tenha aderido ao Susaf. Atualmente, os municípios de Venda Nova do Imigrante, Domingos Martins e Santa Maria de Jetibá já possuem essa equivalência.

Comments

SEE ALSO ...