Deputado cobra agilidade nas obras da BR 101 - Jornal Fato
Política

Deputado cobra agilidade nas obras da BR 101

Em discurso nesta segunda (9) deputado criticou demora das obras tocadas pela concessionária Eco 101 no Estado


Foto: Tati Beling

A demora na concretização da duplicação do trecho da BR-101 que cruza o estado pela concessionária Eco 101 foi alvo de críticas do deputado Engenheiro José Esmeraldo (MDB) na sessão ordinária desta segunda-feira (9) na Assembleia Legislativa (Ales). Para o parlamentar as obras andam "a passo de cágado" e deveriam estar mais adiantadas.

"Estão falando que tem muita coisa sendo feita na região Sul, e eu não concordo, mas no Norte e Noroeste não tem nada. Em Fundão e Timbuí não tem nada, está tudo paralisado. Esse consórcio é só 'oba-oba', a preocupação maior deles são as sete praças de pedágio", afirmou.

Ele ressaltou que falta segurança na rodovia para os usuários e lamentou a publicidade veiculada na imprensa ressaltando obras realizadas pela empresa. "A Eco 101 precisa adiantar o serviço e não ficar fazendo propaganda, colocando dinheiro em televisão em detrimento da população. Toda semana morre gente na 101 em razão da péssima estrutura. Estamos aguardando a duplicação há anos", frisou.

O emedebista lembrou que representantes da concessionária vieram à Casa falar sobre a duplicação, mas as obras pouco andaram. "Tinha que fechar as sete praças de pedágio, porque a grana é muita e a obra não é nada. A população está revoltada pela irresponsabilidade", concluiu.

Quem também abordou o assunto foi o deputado Marcos Garcia (PV). "É uma vergonha, um absurdo o que a Eco 101 está fazendo. Fiquei duas horas parado vindo de Linhares para cá para eles mexerem num trecho de asfalto novo", completou.

Vitória

O deputado Sergio Majeski (PSB) usou seu tempo na Fase das Comunicações para parabenizar o município de Vitória pelo aniversário de 468 anos. Ele destacou os prédios históricos da capital e salientou a necessidade de revitalização do Centro.

"Não sou nascido, sou de Santa Maria de Jetibá, mas vivo aqui há quase 30 anos. É a capital de todos os capixabas. É uma das capitais mais antigas do País. Tem prédios e monumentos fantásticos, como o Convento São Francisco e a Igreja do Rosário. Temos que revitalizar o Centro, que tem um grande potencial turístico", disse.

Para o pessebista, apesar dos problemas é possível atrair mais turistas para Vitória. "O turismo emprega muita gente e movimenta todos os outros segmentos e quase tudo precisa de pessoas, a tecnologia não substitui. É uma capital que merece ser mais bem cuidada, principalmente, o Centro", salientou.

Comments

SEE ALSO ...