Polícia desarticula tráfico interestadual - Jornal Fato
Polícia

Polícia desarticula tráfico interestadual

A organização, denominada Felps, era investigada em Cachoeiro desde fevereiro do ano passado


- Foto Divulgação

Uma quadrilha que promovia o tráfico de cocaína entre o estado de Rondônia e Cachoeiro de Itapemirim foi desarticulada com a prisão de cinco suspeitos no município capixaba, ontem. O homem considerado chefe da organização criminosa foi morto no estado do Norte. As prisões ocorreram mediante mandados judiciais que incluíam, ainda, busca e apreensão nas residências.

A organização, denominada Felps, era investigada em Cachoeiro desde fevereiro do ano passado. A atividade criminosa perdurava há anos. Era o início da Operação Rondônia. Durante a investigação policial, evidenciou-se o fornecimento de, ao menos, 152 kg de cocaína para Cachoeiro, carga avaliada em mais de R$ 3 milhões.

Segundo as apurações, o fornecedor da droga era Agostinho Felipe Conceição de Brito, residente na cidade de Ariquemes/RO. A polícia descobriu que três suspeitos se alternaram no fornecimento de cocaína em Cachoeiro: André Luiz Cansi, o Gordo, Carlos Alberto Barbosa da Silva, o Betinho, e Marcelo Brito Leal, sobrinho de Agostinho.

Foram presos também dois apontados pela polícia como responsáveis pelo transporte do entorpecente: Ruan Teixeira Griffo Vasconcelos e Alexandre Carvalho, o Xandoca".

Agostinho, principal investigado, foi executado a tiros no dia 26 de julho de 2019, no município de Ariquemes/RO, quando estava com sua filha num restaurante, ocasião em que um motoqueiro se aproximou e disparou contra ele 9 vezes, fugindo na sequência.

Comentários

VEJA TAMBÉM...