PC prende chefe de tráfico e desarticula laboratório de drogas - Jornal Fato
Polícia

PC prende chefe de tráfico e desarticula laboratório de drogas

A operação aconteceu na região da Grande São Pedro, em Vitória


Foto: Divulgação/PC

A equipe do Departamento Especializado de Narcóticos (Denarc) efetuou a prisão de J.O.G., de 35 anos, chefe do tráfico do bairro Parque Residencial Tubarão, na Serra. Foragido da Justiça, estava escondido na região da Grande São Pedro, em Vitória, onde tinha um laboratório de drogas. W.A.V.R., de 25 anos, comparsa de J.O.G, também foi detido na operação.

Na operação, foram apreendidos 52 tabletes de maconha, 3,7 kg de crack, quatro quilos de cocaína pronta para o embalo, 28 pinos de cocaína e 500 gramas de cocaína pura. Os policiais também encontraram 5,9 kg de material de mistura de drogas (lidocaína, cafeína e ácido bórico), 50 munições calibre 380,37 calibre. 40, 179 calibre 38 e 36 calibre 9mm. No local, também havia balanças de precisão, material de embalo e R$ 710,00 em espécie.

"O Denarc vem trabalhando incessantemente no combate ao crime organizado e do tráfico de drogas, e através de investigações desses indivíduos, que já haviam saído do sistema prisional, conseguiu chegar ao laboratório de refino de drogas. Eu reputo que é um duro golpe no tráfico de drogas, o desmantelamento e as apreensões de veículos, com o objetivo de descapitalizá-los, para que eles também não possam continuar com capital financeiro e utilizando o cidadão", relatou o Delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda.

O Delegado-geral acrescentou que esse trabalho resultou de um conjunto de investigações e contou com o apoio do Disque Denúncia para a localização dos suspeitos. "Nós estamos trabalhando alinhados com o Programa Estado Presente, que são prisões qualificadas, para que possamos ter tranquilidade e paz social em nosso Estado do Espírito Santo. O próximo passo é identificar se há mais pessoas envolvidas e também continuar investigando a parte financeira e patrimonial para que possamos de fato completar o ciclo do tráfico e desbaratar também outras quadrilhas", destacou.

Arruda afirmou que essa operação é resultado do trabalho de inteligência policial que o Denarc vem desenvolvendo, monitorando todas aquelas pessoas que saem do sistema prisional. J.O.G, detido nesta operação, teve o benefício de sair no natal e não retornou. Todos esses suspeitos são alvos do Denarc.

O responsável pela operação, delegado Alberto Roque Peres, relatou que J.O.G. foi preso enquanto estava fazendo uma entrega para dois motoqueiros, um deles era W.A.V.R. "Nós recebemos informações do Disque Denúncia sobre a localização precisa do suspeito, montamos uma operação pela qual o monitoramos e conseguimos prendê-lo. Os suspeitos buscavam a droga no bairro São Pedro e vendiam noutras áreas. Alguns desses traficantes também buscavam munições com os detidos nesta operação", afirmou.

O delegado contou que J.O.G. já foi preso em 2010. "O suspeito foi detido exatamente pelo mesmo crime. Desde esse período, ele atua na mesma função. Ele foi pego com uma quantidade de droga, com a qual ele estava fazendo o desdobramento do entorpecente, ou seja, aumentando a sua quantidade, por meio de uma mistura. O detido coordena a região do Parque Residencial Tubarão, na Serra", ressaltou.

J.O.G. e W.A.V.R. foram indiciados pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico. No momento da prisão, J.O.G. apresentou documento falso, e por isso também responderá por esse crime. As investigações continuarão até que se identifiquem todos os participantes dessa associação criminosa.

Após os procedimentos, os suspeitos foram encaminhados para uma unidade prisional da região.

Comments

SEE ALSO ...