Jovem é assassinada e tem cabeça esmagada com pedra - Jornal Fato
Polícia

Jovem é assassinada e tem cabeça esmagada com pedra

Jussara Fernandes de Paula foi morta no campo de futebol de Rive,em Alegre


Foto: Divulgação/PM

Jussara Fernandes de Paula, 24 anos, conhecida como "Lorotinha", foi morta com uma pedrada na cabeça na madrugada deste domingo (15), no campo de futebol, próximo à Praça Central de Rive, distrito de Alegre. O principal suspeito, Mateus Batista de Oliveira, de 23 anos, foi detido e confessou o crime à polícia.

De acordo com a Polícia Militar, testemunhas relataram que viram Jussara e Mateus, vulgo "Manguinha", subindo em direção ao campo de futebol. Momentos depois, o suspeito desceu correndo e ensanguentado. Mateus disse a conhecidos que estavam no local que iria para casa tomar um banho e retornaria.

Um colega achou a situação estranha e subiu até o campo e encontrou Jussara caída ao chão, cheia de sangue e com uma pedra, de aproximadamente 20 quilos, na cabeça. Ela teve o crânio esmagado.

A PM foi acionada e fez o isolamento do local até a chegada da perícia técnica da Polícia Civil.

Mateus retornou ao local e sentou na praça, em um dos bancos. Policiais foram até ele e realizaram uma abordagem. Encontraram com ele uma pedra de crack, um pedaço de tesoura com ponta e fios. Ele recebeu voz de prisão.

Ele confessou o crime e contou que matou Jussara porque ela o estava "caguetando", no entanto, detalhes do que ela estaria falando sobre ele para outras pessoas não foram divulgados.

Mateus, juntamente com o material apreendido, foi levado para o Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Alegre, onde foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e dificultar a defesa da vítima. Ele foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro de Itapemirim.

O corpo de Jussara foi removido e levado para o Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro. Após ser identificado por familiares, foi liberado e sepultado na tarde de ontem.

Comments

SEE ALSO ...