Morre em SP o escritor João Carlos Marinho - Jornal Fato
Nacional

Morre em SP o escritor João Carlos Marinho

Autor do clássico "O gênio do crime" graduou-se em Direito nas Arcadas na Turma de 1961


Faleceu neste domingo (17) aos 83 anos, o escritor e advogado João Carlos Marinho, autor do clássico "O gênio do crime". Marinho estava internado desde fevereiro no Hospital Sancta Maggiore, na Zona Leste de São Paulo. 

O corpo está sendo velado no cemitério do Araçá e o enterro será às 16h no cemitério da Consolação, ambos na capital paulista. 

Advogado autor

O escritor nasceu no Rio de Janeiro, em 25 de setembro de 1935 e mudou-se, ainda criança, para Santos e, depois para São Paulo. Na juventude, morou em Lausanne, na Suíça, e retornou a São Paulo para cursar Direito.

Na capital, cursou Direito na Faculdade do Largo de São Francisco, da Universidade de São Paulo (USP) - Turma de 1961, e passou a advogar em Guarulhos, na Grande São Paulo, sendo titular do famoso escritório de advocacia trabalhista J. C. Marinho, até 1987. 

Enquanto atuava como advogado, publicou sua primeira obra, "O gênio do crime", em 1969. Este era o primeiro livro da coleção de aventuras que o autor criou para Gordo e sua turma. No famoso livro, o personagem principal e seu grupo de amigos ajudavam o dono de uma fábrica de figurinhas de futebol a encontrar um criminoso que falsificava as figurinhas mais raras. 

Além dos romances juvenis, Marinho também escreveu livros para o publico adulto, entre eles "O dueto dos gatos". 

Fonte: Migalhas

Comments

SEE ALSO ...