Carnaval 2020 - Jornal Fato
Artigos

Carnaval 2020

E a cada ano surgem novas situações que nos impedem de comemorar a vida


E a cada ano surgem novas situações que nos impedem de comemorar a vida. Doenças em família, separações ou mortes de amigos, catástrofes, e que era tão fácil realizar quando éramos jovens vai se tornando mais difícil com o passar dos anos. O cansaço não é só nosso, o entorno envelhece, as pessoas desanimam com o peso da idade, promover algo nessa época da vida é um ato até heroico. E no meio do caos ocasionado pela enchente, resolvo desistir. E procuro a amiga que tudo perdeu, carnavalesca como eu e decido ouvi-la. E suas palavras foram de estímulo e força: - Não desista amiga, se parar num ano não volta mais! Foi o que aconteceu conosco e até hoje tentamos retomar e está difícil. Recebo o apoio de outros amigos. E os irmãos sofrendo e como pensar em festa? E as Prefeituras vão suspendendo as programações, e vou acompanhando o planejamento dos blocos de Marataízes, e continuo indecisa. E os artistas promovendo shows para ajudar as vítimas das enchentes. E os blocos se adequando, vão promover um carnaval solidário - diversão e arrecadação. A ROCHATIVA entra em parceria com os dois maiores blocos de Marataízes, nada de abadás, os foliões doarão utensílios às vítimas.

Nosso Carnaval também pode ser solidário. Procuro o Lions Clube Rubem Braga, que sempre se fez presente no Carnaval com um grupo representativo de foliões. E sugiro fazermos uma parceria. Nosso Carnaval nunca deu lucro, seu objetivo sempre foi a diversão em si, e muitas vezes até prejuízo dividido com músicos, o buffet e alguns familiares. Minha proposta foi aceita de prontidão, o que deu certo alívio na alma. O que fazer para dar lucro? Aumentar um pouco o preço do convite que se mantém no mesmo patamar há anos e tentar vende-los a outros foliões. Pagar as despesas e o restante o Lions saberá como bem direcionar, como Clube de serviço. Criamos um slogan: Divertir-se é bom, fazer o bem é ainda melhor!

Nosso Carnaval não tem nada de especial, apenas tentamos manter a tradição carnavalesca, com marchinhas e sambas que fazem parte da história da nossa música, afinal oferecemos um genérico do Iate Clube que deixou tanta saudade, numa folia familiar, com a participação de blocos, de fantasias individuais, cada um com sua criatividade, ótima música, comida e bebida propícia a um evento carnavalesco. E muita alegria, finalizando com o tradicional desfile da madrugada pelas ruas. E neste ano, orgulhosamente, tendo o prazer de adentrar com nosso bloco pela nova Praça Central de Marataízes.    

 

Marilene De Batista Depes

 

 


Comments