Se não me dizes - Jornal Fato
Artigos

Se não me dizes

não escuto


Se não me dizes

não escuto
morrerei de surdez

preciso
saber
que sentimento te habita.

o que há em você
e assim ressuscitar em mim o que não havia
melhor um grito

louco
desmedido
dando sentido a tudo

mas se se cala e a palavra não importa para língua, cala alma pátria muda e morta.
padecendo de coisa alguma
faz falta saber onde está!

 

*********

sigo...
há perigo sem aviso prévio
tédio seria o inverso
mas se lamento
haverá o relógio com universo atrasado
o marcapasso no peito paralítico
e a metade. Apenas a inválida parte daquilo que quero tudo
ma se espero muito...enferrujo
crucifixo impávido
no relógio que atrasava e para
o marcapasso não bate
no coração congelando a viagem
e fica escuro o dia.
sem a aragem que havia
deixando o deserto sem oásis
aves sem asas
nada mais
por isso. Bem por isso
caminho e sigo.
tal como o rio vai para o oceano
vou aos planos misteriosos e belos
depois da linha que treme divisando a esquina da avenida...
e por certo um leque de mil estrelas irão comigo.
Então, sigo.
sempre


Giuseppe D'Etorres Advogado

Comments