Santos Neves terá barreira para reduzir acidentes - Jornal Fato
Geral

Santos Neves terá barreira para reduzir acidentes

O trecho de 850 metros entre a rotatória do bairro IBC e a entrada do bairro São Lucas, em Cachoeiro, receberá barreira fixa


O trecho de 850 metros entre a rotatória do bairro IBC e a entrada do bairro São Lucas, na avenida Jones dos Santos Neves, em Cachoeiro, receberá barreira fixa separando as faixas dos dois sentidos da via. O objetivo é impedir a conversão irregular de veículos e reduzir o número de acidentes no local.

A decisão pela intervenção foi acertada na tarde desta quarta-feira (12), em reunião entre o prefeito de Cachoeiro, Victor Coelho, secretários municipais e o superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES) no Sul do Espírito Santo, Fábio Longui Batista - o órgão é responsável pela Jones dos Santos Neves, por se tratar de uma via estadual.

Durante o encontro, ficou estabelecido que a prefeitura se responsabilizará pela instalação de blocos de concreto fixos junto a telas de proteção, inviabilizando a travessia irregular tanto de veículos quanto de pedestres. O DER-ES, por sua vez, realizará levantamentos topográficos e cuidará da instalação de placa de sinalização vertical, orientado as pessoas a pé a atravessarem na faixa.

"Apesar de o poder público ter feito todas as intervenções no que diz respeito à sinalização da via, nós ainda vemos acidentes ocorrendo nesse trecho por total irresponsabilidade do condutor. Por isso, vamos buscar agora uma medida extrema, que é fazer a separação das faixas para que haja a impossibilidade total de se fazer essas conversões", destaca o secretário municipal de Segurança e Trânsito, Ruy Guedes.

"Em conjunto com o DER-ES, a administração pública tomou as decisões que precisam ser tomadas em relação à sinalização viária horizontal e vertical. Mas, infelizmente, por causa do desrespeito total a essas sinalizações, tratamos agora de colocar uma barreira física que impeça totalmente que essas conversões de veículos sejam feitas", complementa o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Jonei dos Santos Petri.

"É um problema de trânsito histórico que nós temos nesse trecho, de muitos condutores não respeitarem a sinalização. Então, entramos num entendimento com o DER-ES para dar uma solução definitiva para impedir que novos acidentes aconteçam e para melhorar a mobilidade", completa o prefeito Victor Coelho.

Comments

SEE ALSO ...