Escalador cai da pedra do Frade e está desaparecido - Jornal Fato
Geral

Escalador cai da pedra do Frade e está desaparecido

Buscas por Bruno Vieira foram retomadas na manhã desta segunda-feira (10)


Foto: divulgação/Corpo de Bombeiros

Um escalador está desaparecido após ter caído da pedra do Frade e da Freira na manhã deste domingo (9). Bruno Vieira, de 37 anos, estava com um amigo, que foi resgatado com vida pelo Corpo de Bombeiros.

De acordo com a equipe de resgate, Bruno caiu de uma altura de aproximadamente 300 metros.

Uma terceira pessoa, que presenciou o fato e tentou ajudar, não conseguiu descer da pedra e ligou para os bombeiros, pedindo ajuda. Ele indicou o caminho para o resgate.

"Por telefone, ele nos orientou para que descêssemos uma trilha em seu encontro. Nesta trilha, colocou uma seta de madeira indicando o caminho a ser seguido e, logo depois, encontramos outra indicação com caixotes mostrando o local", menciona a equipe.

Para tirá-lo da pedra, os bombeiros solicitaram a ajuda do Núcleo de Operações e Transportes Aéreo (Notaer).

"Na descida pela trilha realizamos analises visuais para tentar verificar aonde estavam as vítimas. Num certo momento da descida conseguimos visualizar uma vítima viva ilhada no meio do paredão de pedra a aproximadamente cem metros do topo da montanha do frade". O resgatado estava próximo à mochila de Bruno Vieira.

Após constatar que o primeiro escalador estava bem, a equipe continuou as buscas por Bruno. Até às 23h00, ele não foi encontrado.

As buscas foram retomadas na manhã desta segunda-feira (10), com a ajuda do Notaer, dos militares do K-9 da 1ª Cia do 3º Batalhão do Corpo de Bombeiros, mais o cão farejador Athos.

Uma equipe de altura faz o reconhecimento do local, onde a vítima caiu, para verificar se existem vias de acesso que facilitam as buscas.

Bruno é morador Píuma, casado e pai de um filho.

Resgate da vítima presa no paredão

 

Comments

SEE ALSO ...