Astrônomos acreditam ter encontrado a borda da Via Láctea - Jornal Fato
Geral

Astrônomos acreditam ter encontrado a borda da Via Láctea

Para encontrar sua fronteira com a galáxia vizinha, cientistas levaram em conta a área ocupada por matéria escura e visível


- Foto: NASA

Nossa galáxia pode ser muito maior do que parece. Uma pesquisa publicada no arXiv e liderada por especialidas da Universidade de Durham, na Inglaterra, indica que a Via Láctea se estende por quase 2 milhões de anos-luz - sendo que um ano-luz equivale a 9,5 trilhões de quilômetros.

Isso não siginifica que seu disco luminoso, ou seja, sua parte visível, ocupe todo esse espaço: um estudo do ano passado defende que essa região da nossa galáxia meça apenas 260 mil anos-luz.

Assim como o Sol influencia corpos para além do Sistema Solar, por conta de sua força gravitacional e densidade, o halo "invisível" de matéria escura da Via Láctea também abrange uma área muito maior - e foi justamente esse diâmetro que os pesquisadores mediram recentemente.

Para encontrar a borda da Via Láctea, a equipe realizou simulações por computador de como galáxias enormes como a nossa se formam, focando em casos nos quais duas galáxias gigantes surgiram lado a lado (como é o caso da Via Láctea e de nossa vizinha Andrômeda). Isso porque esses aglomerados celestes influenciam uns aos outros - e é o limite dessa influência que, para os especialistas, delimita a fronteira de cada galáxia.

Tendo isso em vista, os astrônomos perceberam que a influência da Via Láctea chega a cerca de 950 mil anos-luz de seu centro, delimitando, assim, o seu diâmetro de 2 milhões de anos-luz. "Em muitas análises da auréola da Via Láctea, seu limite externo é uma restrição fundamental. Muitas vezes a escolha é subjetiva, mas, como discutimos, é preferível definir um limite externo fisica e observacionalmente motivado", escreveram os especialistas no artigo.

Os cientistas esperam conseguir mais dados para continuar estudando o tópico, tornando essa medição cada vez mais precisa. "Há uma grande esperança de que dados futuros forneçam uma medição mais robusta e precisa da borda da Via Láctea e das galáxias próximas dela", concluíram.

Comments

SEE ALSO ...