Alunos em Olimpíada Brasileira de Astronomia e Aeronáutica - Jornal Fato
Educação

Alunos em Olimpíada Brasileira de Astronomia e Aeronáutica

Em carta, a Agência Espacial Brasileira, comunicou ao município de Itapemirim, o resultado dos 34 alunos medalhistas da rede pública


- Ilustrativa

A Agência Espacial Brasileira comunicou hoje, ao município de Itapemirim, por meio de carta, o resultado dos alunos da rede pública do município na 21ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica que aconteceu com a colaboração da SAB (Sociedade Astronômica Brasileira). Ao to todo foram 34 alunos medalhistas. Diante do resultado o órgão sugeriu ao município a eleição de um coordenador pedagógico para focar no tema com os alunos.

A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Aeronáutica é organizada anualmente por uma comissão de Astrônomos pertencentes à Sociedade Astronômica Brasileira e por engenheiros da Agência Espacial Brasileira. Em 2018 foram inscritos 774.232 alunos de 8.456 escolas em todo país.

Em carta ao município o professor João Batista Garcia Canalle, coordenador Nacional da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e coordenador Nacional da Mostra Brasileira de Foguetes, insiste na valorização dos alunos medalhistas como forma de incentivo a uma educação de qualidade, proporcionada pelo rede pública local e incentivo, também, para que mais alunos da região participem no próximo ano.

A prefeitura já se organiza para, por meio da Secretaria de Educação, realizar uma cerimônia solene de entrega das medalhas.

Comentários

VEJA TAMBÉM...