Festival de Cinema de Vitória tem número recorde de filmes inscritos - Jornal Fato
Cultura

Festival de Cinema de Vitória tem número recorde de filmes inscritos

Superando as últimas 25 edições, maior evento audiovisual do Espírito Santo recebeu 1162 inscrições para as 11 Mostras Competitivas deste ano


Foto: Sérgio Cardoso - Foto: Sérgio Cardoso

1162 filmes, de todas as regiões do Brasil. Esse é o número de inscrições recebidas para o 26º Festival de Cinema de Vitória, que acontece entre os dias 24 e 29 de Setembro, no Centro Cultural Sesc Glória. A quantidade supera as 25 edições anteriores, provando que a produção de cinema no Brasil continua mais forte do que nunca!

 

Além do recorde de inscrições no total, o Festival deste ano também teve o maior número de longas-metragens inscritos de toda a história do evento: foram 160 filmes recebidos. As comissões de seleção de cada mostra já estão trabalhando desde o início das inscrições, e a lista dos selecionados para exibição será disponibilizada até o dia 30 de Junho.

 

Em 2019, serão 11 mostras competitivas e 22 premiações. O Festival também conta com oficinas, debates e apresentações musicais, e a programação completa será divulgada em breve através do site e redes sociais.

 

20 Anos de Cinema para crianças

 

O aniversário de 20 anos do Festivalzinho é mais uma conquista especial para esta edição! A mostra ajuda a formar plateias e a desenvolver a sensibilidade para as artes, muitas vezes promovendo o primeiro contato com o cinema. Ao longo de suas edições, já contabiliza mais de 160 sessões, servindo como importante ferramenta educacional.

 

A escolha do melhor filme é feita somente por júri popular, o que gera um engajamento ainda maior das crianças com os filmes exibidos. Em 2019, o 20º Festivalzinho de Cinema de Vitória - Sessão ArcelorMittal acontece de 24 a 27 de Setembro, no Cine Metrópolis.

 

O 26º Festival de Cinema de Vitória tem o patrocínio do Ministério da Cidadania, através da Lei de Incentivo à Cultura, da ArcelorMittal, do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul - BRDE, do Fundo Setorial do Audiovisual - FSA e da Ancine. Conta ainda com apoio da Rede Gazeta e da Prefeitura Municipal de Vitória. A realização é da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte.

 

Conheça as Mostras Competitivas

 

23ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas

Uma das mais concorridas janelas desse formato no país, a mostra registrou em sua última edição um total de 931 filmes de curta metragem inscritos. Essa mostra é a mais tradicional do Festival de Cinema de Vitória. Os selecionados concorrem em diversas categorias, e os premiados como melhor filme pelo júri técnico e melhor filme pelo júri popular recebem prêmios em serviços prestados por empresas parceiras do festival.

 

20º Festivalzinho de Cinema de Vitória

Em seus 20 anos de existência, o Festivalzinho de Cinema de Vitória já atingiu um público de mais de 40 mil crianças, de 57 escolas do Espírito Santo. Em 2018, o evento exibiu 7 filmes no Cine Metrópolis, aproximando o cinema e de crianças que, muitas vezes, não têm a oportunidade de conhecer e frequentar uma sala de exibição.

 

9ª Mostra Competitiva de Longas

Janela que acompanha o crescimento dos projetos dos realizadores e o que há de mais recente na produção nacional, a Mostra Competitiva Nacional de Longas é uma oportunidade para o público entrar em contato com filmes que podem não integrar o circuito comercial das salas de cinema. Proporciona aos espectadores um panorama do cinema autoral nacional de longa-metragem. A mostra tem compromisso com a valorização do fazer cinematográfico de diversos gêneros e estilos, difundindo, no Espírito Santo, produções de diversas partes do país.

 

8ª Mostra Foco Capixaba

Na opinião de críticos e especialistas da área do audiovisual, o cinema do Espírito Santo se destaca cada vez mais, apresentando, ano após ano, algumas das mais diversas e interessantes produções do país. A Mostra Foco Capixaba visa incentivar e valorizar a produção audiovisual capixaba, sendo janela exclusiva para produções desenvolvidas por realizadores locais. Dessa forma, a mostra propicia o contato do público com curtas que abordam de forma direta e não-convencional os discursos particulares dos realizadores capixabas, que, através da criatividade, mostram-se também discursos universais.

 

8ª Mostra Corsária

Reconhecida janela de exibição dedicada à produção de filmes experimentais, na linguagem e estética, atraindo estudiosos do audiovisual, a Mostra Corsária exibe uma seleção de filmes que apostam na expansão artística do cinema de curta-metragem. Inspirada no filme "Alma corsária", de Carlos Reichenbach (1945-2012), a Mostra exibe filmes que buscam evidenciar as influências do diretor na nova geração de cineastas brasileiros. A Mostra Corsária é de caráter competitivo, com avaliação de júri técnico, e premia dois filmes, sem ordem de classificação, com o Troféu Vitória.

 

9ª Mostra Quatro Estações

Mostra que tem a diversidade sexual como temática e visa potencializar discursos afirmativos em torno das questões da população LGBTQ. São selecionadas produções que expressam as múltiplas identidades sexuais existentes, que competem pelo prêmio de melhor filme com avaliação de júri técnico, premiando o vencedor com o Troféu Vitória.

 

4ª Mostra Mulheres no Cinema

A Mostra Mulheres no Cinema chega à sua quarta edição no 26º aniversário do Festival de Cinema de Vitória. Abrindo espaço exclusivo para mulheres realizadoras, intenciona dar destaque ao trabalho de mulheres no mercado cinematográfico brasileiro, propiciando o debate sobre questões de gênero e evidenciando discursos de empoderamento e questionamentos sobre a igualdade de direitos no contexto social contemporâneo, através de suas produções.

 

4ª Mostra Cinema e Negritude

Com foco na importância de disseminar a memória e a cultura afro-brasileiras, o 26º Festival de Cinema de Vitória consolida uma janela exclusiva para filmes que abordam questões do povo negro: a Mostra Cinema e Negritude. São filmes desenvolvidos por realizadores negros com temática de negritude que proporcionam debates étnico-raciais. A mostra se firma como espaço destinado à representatividade e ao discurso de combate ao racismo.

 

3ª Mostra Nacional de Videoclipes

Desde as vanguardas dos anos 20 do século passado, cineastas articulam a imagem ao som para criar uma narrativa livre do cânone do teatro e da literatura. Filmes de curta-metragem realizados com narrativa não-linear, montagem fragmentada e acelerada, com planos curtos e misturados, acabaram por dar origem ao videoclipe como conhecemos hoje. Esse gênero audiovisual desenvolveu-se amplamente nas décadas de 80 e 90, retroalimentando o campo de influências artísticas, tornando-se inspiração para cineastas tanto em seus filmes de curta quanto de longa-metragem. A Mostra Nacional de Videoclipes funciona também para promover a fusão entre áreas culturais, atraindo o público da música para o cinema.

 

2ª Mostra Nacional de Cinema Ambiental

Considerando a importância de abrir espaço para o debate sobre sustentabilidade e questões ambientais, sobre a coexistência entre pessoas e meio ambiente, o Festival propõe a realização da 2ª Mostra Nacional de Cinema Ambiental, com o intuito de firmar o debate no imaginário do público do Festival. Serão selecionados filmes de curta-metragem nos gêneros animação, documentário e ficção com temática ambiental, que concorrerão ao Troféu Vitória de melhor filme pelo júri técnico.

 

6ª Mostra Outros Olhares

A Mostra propõe a observação da construção de novos mundos a partir de experiências particulares. Todos os anos esta mostra ganha uma temática diferente, de acordo com o recorte coincidente da safra daquele ano, ou seja, reunindo as produções que refletem os temas mais recorrentes dentre os inscritos da edição.

 

Serviço

26º Festival de Cinema de Vitória

24 a 29 de Setembro
Centro Cultural Sesc Glória, Cine Metrópolis e Hotel Senac Ilha do Boi

www.festivaldevitoria.com.br

Comments

SEE ALSO ...