Qual rede social vende mais? - Jornal Fato
Artigos

Qual rede social vende mais?

As redes sociais certamente vieram para ficar. Hoje em dia, para quem quer se manter relevante e competitivo no mercado


As redes sociais certamente vieram para ficar. Hoje em dia, para quem quer se manter relevante e competitivo no mercado, é impossível não fazer uso dessas mídias para alavancar as vendas.

Mas então, se é de redes sociais que falamos, qual é a rede social mais adequada e mais eficiente no quesito de vendas e engajamento do público? Matéria recente do jornal Estadão aponta para o Instagram, tido como a rede social número 1, depois de ultrapassar o Facebook, no número de cliques convertidos em vendas. Isso levou ao grande equívoco de algumas empresas considerarem retirar os seus anúncios do Facebook e investir apenas no Instagram. Mas, como veremos, essa impressão não passa de um engano.

Um jeito simples de explicar isso é definindo as prioridades de seu marketing digital. Lembre-se: o mais essencial é consolidar uma presença em todas as redes sociais. Aliás, não faz sentido escolher apenas entre Facebook e Instagram, como se fossem autoexcludentes. Em verdade, ambos os sites, por serem da mesma empresa (Facebook), apresentam sistemas integrados, que remetem os seguidores e potenciais clientes de uma rede social a outra com facilidade. Desse modo, você só tem a ganhar com uma presença mais pulverizada entre várias redes sociais.

É importante que se priorize a linha de atuação em relação aos objetivos e capacidades da empresa, para só então determinar qual será a rede social principal para o marketing da empresa (sem prejuízo de uma presença, ainda que menos produtiva em questão de vendas, em outras redes sociais). Para determinar sua principal ferramenta de marketing online, a empresa precisa entender o seu próprio perfil e o de seu cliente ideal.

Não há como frisar o suficiente a importância de uma pesquisa demográfica e estatística de ponta, para definir o perfil do seu público-alvo. Por exemplo, é um contrassenso eleger o Instagram como principal rede social da empresa se a maioria de seus clientes está em outro site, como o Facebook.

Ou então, se as suas vendas dependem de um aparato imagético e sonoro (imagens e vídeos) e engajamento intenso de seguidores, talvez o Twitter não seja a mídia social ideal para a sua empresa. A mesma coisa para o YouTube, por exemplo, se a forma de se comunicar do seu negócio não for através do audiovisual. Lembre-se que há diversas redes sociais em funcionamento na internet, e que o sucesso comercial advém, acima de tudo, de aplicar a comunicação correta para o público certo no site certo, que não precisa necessariamente ser o com mais acessos.

É o caso, por exemplo, das empresas que trabalham com nichos ou segmentos bem específicos, e não precisam atingir o grande público para alcançar os seus lucros. Tomemos, por exemplo, alguém que tenha como clientela preferencial executivos de grandes empresas. Nesse caso, é preciso avaliar qual a rede social que mais se encaixa com esse perfil, para chegar na rede social que mais irá render para o seu negócio: no caso o Linkedin seria uma ótima opção.

 


Cleiton Martins Especialista em vendas online Consultor Estrategista de Negócios Digitais

Comentários

VEJA TAMBÉM...