A polêmica da semana - Jornal Fato
Cidades

A polêmica da semana

Teve gente que se ofendeu com as piadas feitas por Leo Lins. Achou uma falta de respeito um forasteiro falar de neném doido e a moça que fez a estátua de totó de Roberto Carlos


 

A polêmica da semana em alguns círculos de conversas sociais cachoeirenses é sobre o vídeo promocional de um show postado nas redes socias pelo humorista Leo Lins onde - dentre outras coisas - o humorista tece criticas em tom jocoso sobre políticos, personalidades do municipio, a história da nossa terra e nossa geografia.

E a polêmica é essa: teve gente que se ofendeu com as piadas feitas por Leo Lins. Achou uma falta de respeito um forasteiro falar de neném doido e a moça que fez a estátua de totó de Roberto Carlos.

Minha opinião sobre o assunto: tudo não passa de uma grande bobagem. Um bobo falando bobagem. Um palhaço fazendo palhaçada. Um humorista fazendo humor. Um zueiro fazendo zuação.

Eu me sentiria ofendido se alguma autoridade ou uma personalidade social tecesse críticas sérias, desprezo gratuito, deboche descabido em outro ambiente...gente séria falando coisa séria.

Agora, me ofender com um bobo falando bobagens???? Um humorista fazendo humor???

Alguns conselhos/informações que dou pra galera:

1 - Vamos viver uma vida mais leve e alegre e vamos deixar o mimimi e o politicamente correto para os outros! Cachoeirense é um povo decidido que sabe o que quer da vida não precisa de vitimismo pra se fazer em nada.

2 - Pra quem está ofendidinho com o humorista faça como eu (que não estou ofendidinho): não vá ao show!

3 - Pra quem está ofendidinho 2: saiba que os tópicos do texto foram escritos por cachoeirenses. Leo Lins não é daqui, não mora aqui, não conhece nada da cidade. Algum cachoeirense que escreveu o texto e entregou pra ele.

4 - Se você considera a piada do humorista um conteúdo que "fala mal da cidade", fortaleça movimentos que "falam bem da cidade"...o movimento Eu Amo Cachoeiro por exemplo está ai pra provar que existe uma grande mobilização de valorização da nossa cidade. Não será um humorista da conchichina que vai denegrir nossa imagem.

5 - Temos coisas mais importantes pra nos preocupar e talvez algumas criticas do humor poderíamos levar mais a sério, como por exemplo, hordas de politicos que poderiam fazer tudo pelo desenvolvimento da cidade e não fizeram...isso pra mim já é mais chocante do que a piada em si.

6 - O humorista faz esse tipo de piada pra chocar mesmo. A intenção dele é essa. Esse é o merchan dele e ele vende ingresso por isso. Ele faz esse tipo de piada em tudo quanto é canto em que vai. Não é exclusividade nossa.

Que possamos viver uma vida com mais frescor.

Bruno Ramos

Em tempo: vamos torcer para a reforma da previdência passar! Ontem aconteceu uma grande vitória! O projeto passou pela CCJ


Bruno Ramos Empreendendor Analista de Relações Internacionais graduado pela Universidade Vila Velha - UVV

Comments

SEE ALSO ...