Prof. Deusdedit Baptista - Jornal Fato
Artigos

Prof. Deusdedit Baptista

Professor! Era dessa forma que preferia ser chamado


Professor! Era dessa forma que preferia ser chamado, aquele que dentre tantos, notabilizou-se pela postura cordial, reta e impoluta. Meu saudoso e querido professor Deusdedit Baptista. Tive a honra ímpar, de ser seu aluno, na briosa faculdade de Direito, onde lecionou durante anos, Direito do Trabalho.Essa honra se repetiria, ao ser seu subordinado, ocupando o cargo de procurador, enquanto ele, além de secretário da Administração, era, concomitantemente, o procurador geral do município. Aprendi muito com o saudoso mestre e, sem dúvida alguma, o maior dos títulos honoríficos que ostento em relação a ele, apesar da pouca idade, é ter sido seu -amigo. Orgulha-me tal fato. Assim como.me orgulha, bater no peito e dizer: conheci uma criatura humana, um homem, sem qualquer apego à matéria, que se relacionou com as coisas públicas de maneira decente, proba e correta. Era um lorde. E diria mais, uma enciclopédia viva! Sabia mais a língua saxônica que os próprios saxões. Um prodígio. Incapaz de proferir uma blasfêmia, e sempre preocupado com as causas do povo e da cidade que tanto amou. Que as novas gerações saibam, que andou pisando neste solo cachoeirense, a honestidade, enquanto assistimos apavorados a torrente de corrupção. Um homem honesto, e de mãos limpas, como sempre foram. Um amigo, um pai, uma inteligência, um talento e meu eterno- professor Deusdedit Baptista. Viva, para sempre viva, nos lembrando de que fazer a coisa certa, é sempre o melhor caminho. Agora, deve estar lecionando no céu, com aquele sorriso franco, e o brilho no olhar. Assim Seja!

 x-x-x-x-x-x-x-x-x

Pensar em você, eu diria, é como ver, claramente, os lírios, quando a brisa os balança, suavemente, sua copa, e desprende seu perfume pelo campo.

Pensar em ti, confesso, é estar perto do mar, e ver seu movimento, como a rota das gaivotas por cima as ondas, as ondas sobre as rochas, e um doce silencio da tarde que termina.

Pensar em ti, é pensar na vida, que vazia, sem sua presença e seu brilho, não faz sentido no plano de minha existência, porque te amo, sem qualquer necessidade mística, e viver, por isso, sabendo que existes...

Penso em ti quando amanheço e anoiteço. Penso sempre, como se pensar, para mim, fosse o começo do meu jardim, em você. Pensar, é como amar o que não vê.... 


Giuseppe D'Etorres Advogado

Comments

SEE ALSO ...