Cirurgias eletivas são suspensas em Cachoeiro - Jornal Fato
Saúde

Cirurgias eletivas são suspensas em Cachoeiro

Por causa da greve dos caminhoneiros que gera falta de insumos, o tratamento de pacientes renais na Santa Casa também pode ser comprometido


Hospitais não recebem materiais para procedimentos agendados e economizam para emergências - Divulgação

Cirurgias eletivas - que não são de urgência ou emergência - serão suspensas a partir desta quarta-feira (30) em hospitais de Cachoeiro de Itapemirim, em decorrência da greve dos caminhoneiros que chega ao 9º dia hoje.

A medida foi tomada na Santa Casa e no Hospital Evangélico. Segundo as unidades, o objetivo é racionar medicamentos e materiais hospitalares que não têm chegado.

O Hospital Infantil também tem o serviço comprometido com as faltas de medicamento, mas o atendimento às crianças continua.

A Unimed Sul Capixaba, único hospital particular do município, informou que, até esta quarta-feira, os atendimentos não foram afetados.

 

Hemodiálise 

Outro problema do hospital Santa Casa é quanto ao setor de hemodiálise. O tratamento de pacientes renais está comprometido.

Segundo o hospital, 100 pessoas são atendidas diariamente e só há material para três dias. Os insumos vêm de São Paulo e ainda não há previsão de quando vão chegar.

Comentários

VEJA TAMBÉM...