Mutirão do Procon teve R$ 4 milhões em redução de dívidas - Jornal Fato
Economia

Mutirão do Procon teve R$ 4 milhões em redução de dívidas

O mutirão foi oportunidade para os cachoeirenses conseguirem condições vantajosas de quitação de débitos acumulados


Houve casos de consumidores que tiverem 100% da dívida perdoada e até ressarcimento - Foto: Emella Simões

O 5º Mutirão de Negociação de Dívidas do Procon Cachoeiro se encerrou nesta sexta-feira (14) com redução de R$ 4.180.594,65 nas dívidas somadas dos 2.773 consumidores atendidos nos quatro dias do evento, realizado na praça Jerônimo Monteiro, Centro. O valor de R$ 5.530.057,84 em débitos submetidos a negociação caiu para R$ 1.350.401,34 (76%).

O mutirão foi oportunidade para os cachoeirenses conseguirem condições vantajosas de quitação de débitos acumulados. Houve casos de descontos de 98% nos valores devidos, como ocorreu com dois consumidores que tiveram suas dívidas reduzidas de R$ 13.307,99 para R$ 250 e de R$ 38.039,98 para R$ 560, respectivamente.

Em outras 11 negociações, as empresas perdoaram as dívidas. E em duas situações, além do perdão da dívida, houve ressarcimento de R$ 1.417 e R$ 1.200, respectivamente.

As negociações também se mostraram valiosas para as 20 empresas participantes. "Permitir que o consumidor pague a dívida por um valor menor é importante para nós não só para reaver o dinheiro de maneira mais ágil, mas proporcionar novamente o acesso ao serviço que oferecemos", comentou Thamires Ribeiro de Paula, atendente da BRK Ambiental, concessionária dos serviços de água e esgoto de Cachoeiro.

Esse foi o caso de Maria de Lurdes Borel. Ela estava com fornecimento de água em casa cortado por causa de uma dívida de R$ 395,21, atrasada em quatro meses. Negociou com a BRK no mutirão, que abaixou o valor para R$ 359,51, a ser pago em 15 parcelas.

"Estava pegando água com uma vizinha. Agora, tenho uma condição muito boa para pagar e amanhã mesmo vão religar a água. Foi ótima a negociação, uma ajuda e tanto", comemorou Maria de Lurdes.

O coordenador do Procon Cachoeiro, Marcos Cesario, destacou que o mutirão foi importante, ainda, para promover a educação financeira dos consumidores. Ainda de acordo com ele, as empresas participantes se comprometeram a implementar a prática das negociações como rotina.

"Os resultados alcançados foram excelentes para a economia do município como um todo. Mas eventos como este tem como meta, também, fazer com que cada pessoa atendida receba orientações qualificadas para se reorganizar financeiramente, passando a consumir de maneira mais consciente", complementou.

Após a realização do mutirão na praça Jerônimo Monteiro, o atendimento ao público na sede do Procon Cachoeiro, no bairro Guandu, voltará a ser feito no período padrão a partir da próxima semana: de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 16h00.

Comentários

VEJA TAMBÉM...