Pé de Livros tem contação de histórias na Bienal - Jornal Fato
Cultura

Pé de Livros tem contação de histórias na Bienal

Nesta sétima edição, o público ganhou atividades do Pé de Livros, projeto que nasceu durante os eventos itinerantes que preparam a região sul para a feira literária


A área tem ainda leitura e interação com elementos lúdicos

Na entrada lateral da Praça de Fátima, professores, pais e crianças contam com uma novidade na Bienal Rubem Braga. Nesta sétima edição, o público ganhou atividades do Pé de Livros, projeto que nasceu durante os eventos itinerantes que preparam a região sul para a feira literária.

Nesses eventos, bairros, distritos e cidades vizinhas foram visitados pela equipe da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult) e parceiros, com contação de história e disposição de livros e elementos lúdicos em árvores e em tapetes.

Na estréia no espaço da Bienal, o projeto conta com apoio também do curso de Pedagogia do centro universitário São Camilo, que atuam com contação de história. A área escolhida fica ao lado da tenda da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), o que ajudou o local a ficar ainda mais colorido, com plantas e até uma pequena queda d'água.

Na tarde desta quinta-feira (17), Walace Silva, de 19 anos, e Amanda Benevides, 22, alunos de Pedagogia, fizeram suas estreias contando história na Bienal. "É muito interessante o contato com o público infantil, e também com as famílias, para perceber a vivência que eles têm com a leitura. Em muitos casos, é um encantamento já estimulado em casa ou na escola. Da nossa parte, além da leitura, tem forte papel também a interpretação. É algo que estimula a absorção do texto, e as crianças ficam mais empolgadas", relata Walace.

A Bienal segue na Praça de Fátima até este domingo (20), realização da prefeitura por meio da Semcult, apoiada pelo governo do estado, Unimed Sul Capixaba, Sebrae, Sesc, Senac, Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes - campus Cachoeiro), TV Gazeta Sul e jornais ES de Fato, Aqui Notícias e Folha do ES.

A programação completa, totalmente gratuita, pode ser acessada no site oficial: bienalrubembraga.cachoeiro.es.gov.br.

Comentários

VEJA TAMBÉM...