Aberta chamada pública para avaliadores - Jornal Fato
Cultura

Aberta chamada pública para avaliadores

A prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim vai lançar chamada pública para selecionar avaliadores de projetos culturais da edição 2018 da Lei Rubem Braga


Cinema, fotografia e vídeo está entre as 11 áreas contempladas pela lei municipal de incentivo à cultura - Foto: PMCI

A prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim vai lançar chamada pública para selecionar avaliadores de projetos culturais da edição 2018 da Lei Rubem Braga. Gratuitas, as inscrições poderão ser feitas, apenas via internet, a partir de hoje. O prazo vai até 26 de agosto.

Podem concorrer profissionais de todo o país, exceto residentes ou domiciliados em Cachoeiro. Os candidatos devem ter nível superior, experiência comprovada na área cultural para a qual pleiteiam vaga e, ainda, em análise e avaliação de propostas culturais. O edital com as informações detalhadas está acessível no site www.cachoeiro.es.gov.br.

Vão ser analisados, no processo de escolha, os currículos dos avaliadores. Será selecionado um candidato de cada segmento cultural: Música; Dança? Teatro, circo e ópera? Cinema, fotografia e vídeo? Literatura? Artes plásticas, artes gráficas e filatelia? Folclore e capoeira? Carnaval? Artesanato? História? e Preservação e restauração de acervo e patrimônio histórico e cultural de museus e centros culturais.

Os nomes escolhidos para a banca examinadora serão apresentados junto à divulgação da data de lançamento do edital 2018 da Lei Rubem Braga, em uma solenidade que a Semcult promoverá, possivelmente na primeira quinzena de setembro, para a certificação oficial dos proponentes contemplados no ano passado.

"O lançamento deste edital é o cumprimento do compromisso firmado entre esta gestão e a classe artística. Foi uma missão árdua programar dois editais da Lei Rubem Braga para o mesmo ano, mas importante para cumprir com os deveres e responsabilidades da administração pública e estreitar os laços de confiança com a classe artístico-cultural", considera Fernanda Martins, secretária de Cultura e Turismo de Cachoeiro.

Comentários

VEJA TAMBÉM...