Último prazo para famílias não perderem apartamentos - Jornal Fato
Cidades

Último prazo para famílias não perderem apartamentos

A Caixa Econômica Federal deu prazo final até esta sexta-feira (18) para que as famílias contempladas com apartamentos no conjunto residencial Otílio Roncete I, II e III e que não assinaram os contratos junto ao banco re


A Caixa Econômica Federal deu prazo final até esta sexta-feira (18) para que as famílias contempladas com apartamentos no conjunto residencial Otílio Roncete I, II e III e que não assinaram os contratos junto ao banco regularizem sua situação.


Ao todo 295 beneficiários não assinaram o contrato junto ao banco e nem fizeram vistoria nos imóveis, conforme exigência do programa Minha Casa, Minha Vida. Ao todo, são 1.248 apartamentos no conjunto localizado no bairro Gilson Carone.


O limite anterior dado pela Caixa Econômica vencia na sexta-feira passada (11), mas o banco resolveu conceder mais uma semana de prazo.


Segundo o banco, se os convocados não comparecerem para assinatura dos contratos, novas famílias serão indicadas pela Prefeitura de Cachoeiro para ocupar os imóveis, conforme as regras do programa.


Na última segunda-feira (14), a prefeitura convocou 400 candidatos pré-selecionados, que terão até o dia 24 para procurar o setor de habitação da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Semdurb), na rua Brahim Seder.


De acordo com a prefeitura, esse cadastro servirá tanto para cobrir as desistências do Otílio Roncete, quanto para selecionar famílias para futuros empreendimentos do Minha Casa, Minha Vida.


A Caixa informou que espera entregar os apartamentos até o final desse mês. No entanto, ressalta que é necessário que todos os contratos estejam assinados e que os imóveis sejam vistoriadospelos beneficiários do programa.

Comentários

VEJA TAMBÉM...