Selecionados cobram chaves de moradias - Jornal Fato
Cidades

Selecionados cobram chaves de moradias

Os contemplados pelo programa "Minha Casa, Minha Vida", do residencial Otilio Roncete cobram a entrega das chaves dos apartamentos e dizem que a demora é grande


Os contemplados pelo programa "Minha Casa, Minha Vida", do residencial Otilio Roncete cobram a entrega das chaves dos apartamentos e dizem que a demora é grande.

O presidente da Associação dos Moradores do Bairro Gilson Caroni, Sérgio de Souza Pereira, disse que esteve em reunião com responsáveis pelo setor da Caixa Econômica para falar sobre a situação.

"Disseram-me que a Caixa também aguarda a entrega das chaves, que é de responsabilidade do Governo Federal. Ela informou que não há previsão para que isso aconteça", comenta.

Sérgio mencionou que nesta sexta-feira (15) se reunirá novamente com a Caixa para falarem sobre o caso.

Em abril, o presidente da Associação esteve na Câmara do município cobrando respostas das autoridades competentes e relatou que os futuros moradores do residencial já pagam os boletos dos imóveis.

"Conheço famílias sem condições de arcar com aluguéis e a prestação do imóvel ao mesmo tempo, e que por isso mesmo estão desistindo dos apartamentos. Outras já até embalaram seus pertences para se mudarem. Mas, o que os futuros moradores querem mesmo é a data de inauguração do residencial e as chaves nas mãos", afirmou.

Edilene Santos, de 39 anos, uma das beneficiadas, disse que essa demora é uma falta de respeito com as famílias que aguardam as chaves. "Já é hora de alguém tomar uma providência. Teremos que esperar mais 10 anos? Já têm pessoas pagando o boleto, mas nada de casa até agora", desabafa.

A cabelereira diz que foi contemplada há um ano e já pagou duas parcelas do apartamento. "Eu ia pagar tudo, mas resolvi pagar aos poucos, devido à essa demora", finaliza.

A reportagem entrou em contato com a prefeitura de Cachoeiro e a Caixa Econômica, mas até o momento não houve respostas.

 

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...