05 tendências no e-commerce para 2019 (Parte 01) - Jornal Fato
colunista

05 tendências no e-commerce para 2019 (Parte 01)

As vendas realizadas através da internet, o chamado e-commerce, é um movimento que vem ganhando força ano após ano.


As vendas realizadas através da internet, o chamado e-commerce, é um movimento que vem ganhando força ano após ano. Apenas para 2019, os prognósticos são extremamente positivos, com crescimento nos ganhos para R$ 80 bilhões.

Com todo esse otimismo, é natural que alguns segmentos mostrem mais força do que outros, ditando tendências para as vendas neste tipo de plataforma. Conhecer esse movimento pode ser fundamental para os empresários, que já atuam ou desejam atuar no e-commerce, pois assim eles são capazes de montar bons negócios e capitalizar sobre essas ideias.

 

1 - Aquisição de clientes

Com o aumento no custo da publicidade e na manutenção do próprio negócio, a captação de clientes se torna não só uma necessidade, como também uma das próximas tendências para o e-commerce no próximo ano. Aqui, essa tendência pode ser entendida como um esforço para a conversão de visitantes em clientes habituais, capturados por um produto que chame a sua atenção e se prove realmente necessário.

 

2 - Mobile

O celular vem ganhando cada vez mais espaço em nossas vidas. No e-commerce não poderia ser diferente. Prova disso é o sucesso que as vendas via smartphones fazem. Todos os meses, grandes e pequenos varejistas registram um volume considerável de transações nesse tipo de plataforma.

 

3 - Investimento em conversão

No e-commerce de 2019, uma tendência que chega muito forte é a valorização e o investimento para que os visitantes sejam, de fato, convertidos em clientes.

 

4 - Produtos usados

A sustentabilidade está na moda. Reciclar atualmente é muito mais incentivado do que sair por aí, comprando tudo novo. O que isso quer dizer? Que, se você precisar de um relógio ou celular, por exemplo, muitos dizem para que você compre algo usado.

Essa consciência, de que renovar é muito melhor do que comprar tudo novo, tem aberto uma porta enorme para o mercado de produtos usados, algumas das grandes estrelas do e-commerce e que promete lucrar muito em 2019. Prova disso é o sucesso de sites como Mercado Livre e OLX, que negociam produtos usados ou seminovos, e que registram milhares de reais em vendas todos os dias.

 

05.Redes sociais

Para fechar nosso ranking, as redes sociais se mantêm como boas apostas para 2019. Além de conseguir unir pessoas, elas são uma ótima ferramenta de compra e venda na internet.

 


Cleiton Martins Especialista em vendas online Consultor Estrategista de Negócios Digitais

Comentários

VEJA TAMBÉM...