Congresso Estadual de Mulheres Batistas reúne mais de duas mil cristãs - Jornal Fato
Religião

Congresso Estadual de Mulheres Batistas reúne mais de duas mil cristãs


Mais de duas mil mulheres participaram do Congresso (Foto: Noemi Borges)

 

Dayane Hemerly

 

A Igreja Batista de Piúma sediou, no último sábado (24), o Congresso Estadual de Mulheres Batistas. O encontro, que reuniu mais de duas mil participantes, teve como objetivo o congraçamento e o fortalecimento, segundo a presidente das Mulheres da Associação Batista Cachoeirense, Noemi Borges.

 

Do sul do estado do Espírito Santo foi uma caravana com mais de 105 mulheres para participar do evento, que teve início às 8h.

 

"Nós temos a missão de transformar o mundo num lugar melhor, por meio da educação dos nosso filhos e de projetos sociais. Foi um fortalecimento buscamos no congresso e, além disso, arrecadamos produtos de higiene pessoal e roupa intima para a Casa Rosa", explica Noemi.

 

A presidente conta que a presidente da União Feminina Missionária Batista do Brasil e a Preletora, Pegg Smith, Americana Missionária, palestrou durante o período da manhã e da noite e que mulheres do extremo norte ao extremo sul do estado estiveram presentes.

 

Com o foco também de levar o amor de Cristo, Noemi fala que vários músicos de diversas igrejas batistas cantaram e tocaram.

 

"Outro objetivo nosso é formar líderes. Queremos que nossas jovens sejam líderes no meio em que estiverem e tornem o mundo e as pessoas melhores", completa.

 

Projeto

 

A Casa Rosa é um projeto idealizado para acolher mulheres com dependência química e que vivem nas ruas. A primeira casa será inaugurada em janeiro, em Vitória, e funcionará 24 horas.

 

"No congresso já arrecadamos os produtos de higiene e roupas intimas para darmos início no ano que vem ao projeto. Vamos acolher as mulheres que precisarem de tratamento, vamos dar atenção espiritual e psiquiátricos para que elas possam e consigam mudar de vida", complementa.

 

A intenção, de acordo com a presidente, é expandir o projeto para outras regiões do ES.

 

"Inicialmente vamos trabalhar em Vitória, mas vamos abrir outras casas em Colatina, Linhares, Cachoeiro de Itapemirim e outros municípios do sul", finaliza.

Comentários

VEJA TAMBÉM...