Bispo que foi padre em Cachoeiro encontra Papa - Jornal Fato
Religião

Bispo que foi padre em Cachoeiro encontra Papa

Após encontro com o Papa Francisco, dom Juarez Delorto participará de curso para recentes bispos em Roma no próximo mês.


- Publicidade: Vatican News

Dom Juarez Delorto Secco foi padre da Diocese de Cachoeiro durante 16 anos e há quase um ano, é bispo auxiliar da arquidiocese do Rio de Janeiro. Na última quarta-feira, esteve com o Papa Francisco após uma audiência geral na cidade de Roma e disse ter se sentido feliz com a oportunidade de tê-lo encontrado.

"Abraçá-lo, apertar a sua mão e me apresentar a ele - pois foi ele quem me elegeu e me chamou para o episcopal - essa é minha alegria e gratidão de estar aqui em Roma e vê-lo", diz.

Nos dias 4 a 14 de setembro, acontecerá curso para os "bispos de recente nomeação" no Vaticano, em Roma. O objetivo do evento é refletir sobre a responsabilidade e a missão na igreja e na sociedade atual.

O primeiro encontro é oferecido em Brasília pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), e, após, são convocados para formação na cidade católica romana.

Em experiência com a igreja na cidade carioca, dom Juarez fala do desafio e missão no pastoreio. "Somos chamados a viver na fé diante dos acontecimentos pertinentes na cidade. As periferias precisam ser evangelizadas e nosso desafio é deixá-los em comunhão com a igreja. Me sinto feliz pela oportunidade e quero ser presença de Deus nesses e em todos os lugares", disse.

O curso acolherá bispos do Brasil de recém nomeação, e, junto com o dom Juarez, se encontra outro bispo da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, dom Paulo Celso.

Comentários

VEJA TAMBÉM...