Hartung vai esperar convenções antes de definir apoio - Jornal Fato
Política

Hartung vai esperar convenções antes de definir apoio

Político anunciou em entrevista coletiva que não será mais candidato a nenhum cargo em sua carreira política


?É uma decisão madura. No tempo certo?, diz Hartung sobre não disputar a reeleição - Foto: Divulgação

O governador Paulo Hartung (MDB) reafirmou nesta terça-feira (10), em entrevista coletiva, sua decisão de não concorrer à reeleição. Diante dos jornalistas, no entanto, ele evitou apontar qualquer nome de seu grupo políticos que possa receber seu apoio para a disputa. Vai esperar as convenções para se definir.

Segundo o governador, ele não deverá voltar a disputar cargos públicos, encerrando, assim, sua carreira eleitoral. Sua militância, garante, se dará pelas letras, através de artigos, e, também, com palestras, como as que se dedicou antes de disputar o terceiro mandato, em 2014.

Sobre sua sucessão, evitou apontar nome. Segundo ele, cabe ao povo, à sociedade organizada e não a liderança política estabelecer quem será candidato. E que vai decidir a quem apoiar após as convenções. Estão no páreo o senador Ricardo Ferraço (PSDB) e o deputado estadual Amaro Neto.

Hartung negou que sua decisão tenha sido precipitada por conta de problemas de saúde - faz terapia para evitar retorno de câncer que teve na bexiga - e diz que anunciou sua saída do páreo no momento certo.

"É uma decisão madura. No tempo certo. Há tempo agora para as lideranças sociais e políticas organizarem o caminho que acham ser o melhor e levar às convenções partidárias, que só vão ocorrer no fim deste mês", declarou.

Hartung considera que após os três mandatos de governador "muito bem-sucedidos" é a hora certa de passar o bastão. "Buscar o quarto mandato não seria conveniente", afirma.

Fora da disputa, o governador afirma que vai militar até o fim do atual mandato "para fazer o melhor pelos capixabas".

Comentários

VEJA TAMBÉM...