Agente penitenciário morre em acidente motociclístico - Jornal Fato
Polícia

Agente penitenciário morre em acidente motociclístico

Rodrigo Cardoso Zanol seguia para o trabalho quando colidiu na lateral de um caminhão


Rodrigo foi pego de surpresa por um caminhão que descia uma rua

Um agente penitenciário morreu após colidir de moto na lateral de um caminhão, na rodovia do Contorno, próximo ao trevo que dá acesso ao distrito de Soturno, em Cachoeiro de Itapemirim, na manhã desta terça-feira (24).

Segundo informações da Polícia Militar, Rodrigo Cardoso Zanol vinha de Vargem Alta e seguia para o Centro de Detenção Provisória (CDP), onde trabalhava como agente penitenciário, quando colidiu na lateral de um caminhão.

Conforme disse testemunhas, por volta das 7h50, o motorista do caminhão descia a rua de uma empresa de mármore e entrou direto na rodovia, sem realizar o contorno. O motociclista, que saiu de uma curva, foi surpreendido pelo caminhão, não conseguiu parar a tempo e acabou colidindo.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas Rodrigo faleceu no local.

Rodrigo morava em Jaciguá e trabalhava como músico nas horas vagas, para complementar a renda da família.

Ele era casado e tinha um filho de nove anos, autista. A esposa dele está grávida.

No local, amigos do agente, que não quiseram se identificar, lamentaram a fatalidade.

"Ele era uma pessoa muito boa. A esposa dele perdeu um filho, agora está grávida de novo. Está deixando um filhinho autista. É muito triste tudo isso. Por causa da imprudência de outra pessoa", lamenta um amigo, que também é agente penitenciário e recebeu a notícia quando deixava o turno.

"Eu cheguei aqui e ele ainda estava vivo, estava agonizando. Não teve o que ser feito", complementa.

Rodrigo era bastante conhecido por causa da música e diversos amigos demonstraram tristeza nas redes sociais pela morte.

"Hoje perdemos um grande amigo e musico de tantos anos Rodrigo Zanol. Vai deixar muita saudade. Deus que o tenha", comenta Eraldo Viola.

A perícia foi acionada para remover o corpo do agente, que foi levado para o Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim.

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...