Hartung falta a encontro do PMDB - Jornal Fato
Notícias

Hartung falta a encontro do PMDB


O governador eleito do Espírito Santo, Paulo Hartung (PMDB), preferiu evitar a badalação política do seu partido, terça-feira, em Brasília, com jantar no Palácio Jaburu, e reunião, ontem, no hotel San Marco.

 

Mas telefonou para Michel Temer, vice-presidente reeleito, e justificou o sumiço. Disse que faria uma viagem rápida, dentro do país, e que em breve estaria na capital federal para uma conversa reservada.

A ligação foi demorada, segundo informou à Agência Congresso o deputado federal, também reeleito, Lelo Coimbra (PMDB).

"Acredito que em 15 dias eles se reúnam em Brasília. Paulo relatou a Temer que está muito animado com o movimento nacional e pediu a interlocução de Temer junto ao governo federal", disse Lelo.

 

Jantar

O vice-presidente da República, Michel Temer, promoveu o jantar com os membros de seu partido, o PMDB, que foram eleitos no último pleito, que já ocupam mandato no Congresso ou algum cargo no governo.

A ideia do vice-presidente foi buscar a união do partido, principalmente no momento em que o líder da legenda na Câmara, Eduardo Cunha (RJ), comanda o chamado "blocão"?, formado por parlamentares insatisfeitos com as relações com o governo.

Ontem, o PMDB voltou a se reunir - com sua executiva nacional ampliada - para debater três questões; reforma política, avaliação eleitoral, e relação com governo federal a partir de 2015. A previsão era de que Hartung também não compareceria.

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...