Nacional

Finalista do Miss Rio Grande do Sul é alvo de racismo

A modelo se manifestou por meio do Instagram repudiando os ataques e comentários preconceituosos e afirmou já estar tomando as devidas providências


A modelo Samen dos Santos, representante do município de Tramandaí e finalista do concurso Miss Rio Grande do Sul, foi alvo de ataques racistas no Instagram. Samen, que bloqueou os perfis racistas, diz que a situação não é novidade para ela. "Eu consigo me blindar contra tudo de negativo que envolve o meu nome, simplesmente ignorando. Foram anos ouvindo e lendo os mais diversos absurdos, que acabei me tornando mais forte", postou.

Nas postagens racistas, os autores diziam que ela, por ser negra, não representaria a "mulher gaúcha que é branca e linda, não negra". Falam que ela é linda só porque é negra e no Brasil (país afrocentrista) é quase uma obrigação achar que os negros são lindos sendo que a grande maioria deles são feios pra c...", postou outro internauta.

Samen, de 26 anos, bloqueou os perfis racistas e disse estar "tomando as medidas necessárias" para que os autores das postagens racistas sejam identificados e punidos.

Segundo ela, "muita gente "confunde" opinião e à liberdade de expressão com discurso de ódio, destilando assim toda a sua raiva, preconceito, hostilidade e ofensas contra terceiros, mas isso está muito errado. Para essas pessoas, saibam que a atenção que ganharão de mim será somente essa, já que depois de printar eu sempre bloqueio e não dou atenção. Eu só espero que saibam que a utilização do fake pode esconder o nome e o rosto, mas não o IP. Digo isso porque as medidas necessárias já estão sendo tomadas", escreveu.

Comentários

VEJA TAMBÉM...