Meio Ambiente

Uniaves limpa área de rio atingida por vazamento

Peixes e plantas contaminados foram recolhidos para análise. Alevinos vão ser soltos no manancial, quando recuperado


A limpeza do rio Castelo, contaminado por Cloreto Férrico, substância química que vazou de uma das tubulações da Uniaves, no último dia 29, avança após o desastre ambiental.

 

As medidas para diminuir e tentar reverter os danos ambientais foram exigidas pelo Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema), que ainda espera a avaliação a ser entregue pela própria empresa de quão nocivo à saúde é o produto. Só depois disso é que se saberá qual sanção deverá ser aplicada.

 

O biólogo da Uniaves, Helimar Rabello, informou que a empresa adotou medidas para aliviar os impactos ambientais e restaurar a área contaminada. O derramamento envenenou a água, provocando morte de peixes e até a interrupção da captação de água para o abastecimento humano, no distrito cachoeirense de Conduru, por algumas horas.

 

"Assim que detectamos o problema, iniciamos os serviços de bloqueio do vazamento do produto na tubulação e realizamos a construção de um dique de contenção para evitar que a substância continuasse a atingir o rio", contou.

 

Peixes mortos e plantas aquáticas que apresentaram contaminação foram recolhidos para análises. Com a recuperação das nascentes, alevinos das espécies nativas serão soltos na bacia do rio.

 

Helimar destacou, ainda, a contratação de uma empresa especializada em situações de contaminação ambiental para avançar com os serviços de restauração da área. A empresa coletou amostras da água e do solo com resíduos do produto.

 

Ao todo, 12 pessoas atuam na limpeza do rio. A escolha das áreas para recuperação estão sendo feitas por biólogos da Uniaves e o Comitê da Bacia do Rio Castelo.

 

A empresa que realizou o projeto inicial da implementação da Uniaves no município, que é do sul do país, foi acionada e estará nesta semana na sede de Castelo para apontar possíveis falhas e soluções, evitando assim problemas futuros.

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...