Coração: espelho d'alma! - Jornal Fato
Artigos

Coração: espelho d'alma!


-Sorriso? até tristeza esconde.

-Longe de quem tenha através daquela, aquela sim, que talvez não me contes!

 

-Mas d'onde emana esse reflexo? Ah! do espelho d'alma, não!

-Sou Bandido, usurpei tua imagem! mas má és tu, cândida sereia, roubou-me a canção.

 

-Teu espelho é meu roubo, amor, e meu sorriso é tua a razão.

Tu és gente" assim como eu, mas é espelho, do rojo, quebrantando-me o coração, em fogo, labaredas

 

-Espelho nunca foi vaidade!

gente que é gente, sabe o que sente...sem ter a necessidade do reflexo

 

-Do espelho tiramos coragem, mas só do "ferro", couro e secarne nutrimos a mente.

 

-Ferro conota o forte, árbitro do tato e do sentido...

-Já espelho, exalta o todo, da fossa ao poço, e tudo que seja homem! mas por ti, sou menino.

 

Gente que é forma, é viva...

Gente que é gente, reflexividade.

 

-Mas espelho não quebra de repente, e só existe "gente" no conjunto denominado "complexidade."

 

-Prazer, verdade.

 

Poema do jovem poeta Carlo D'Ettorres, 26 anos, estudante, Rio das Ostras

 

x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x

 

Salve o erro

O erro, a meu pensar, sopesadas todas suas facetas, é o princípio de tudo. O erro, nos remete à reflexão e nos debruça sobre as razões e motivos que lhes deram causa. Errar é humano", assim decreta o adágio popular. E na verdade, é tão humano, quanto amiúde ocorre, numa miríade de situações. Parece-se com uma inesgotável fonte, a nos ligar com o princípio da realidade, a buscar a perfeição. Erramos múltiplas vezes, porque tentamos múltiplas vezes. Não fossem nossas vidas uma sucessão de fatos repetidos, não haveríamos de cometê-los. O erro contextualiza a verdade de que não temos limites. Muitos decorrem da obstinação, para alcançar objetivos. O erro, finalmente, é santo. E é santo porque através dele vislumbramos o acerto, e por meio dessas duas engrenagens: erros e acertos, tencionamos a própria satisfação e a de terceiros, como um todo. Não é que errar seja bom, mas é necessário! Errando sempre, aprendemos a errar menos, porque, acertamos mais. Salve o erro.


Giuseppe D'Etorres Advogado

Comentários

VEJA TAMBÉM...