Publique seu livro ou e-book de graça! - Jornal Fato
Fato Inovador

Publique seu livro ou e-book de graça!

Aquela sua desculpa de falta de grana para não publicar seu livro parado há tempos dentro da gaveta, já era


Aquela sua desculpa de falta de grana para não publicar seu livro parado há tempos dentro da gaveta, já era.

Não é de hoje que há no Brasil e no exterior Plataformas de Autopublicação interessadíssimas em publicar seu livro. Na verdade, elas querem publicar quaisquer livros, sobre quaisquer assuntos e, melhor, sem avaliação prévia e sem cobrar um único centavo seu ou de quaisquer autores para fazerem isso. E ainda põem os livros para venda em algumas das grandes lojas e livrarias do país e do exterior, tais como: Livraria Cultura, Amazon, Submarino, Americanas, Estante Virtual, FNAC (Vendida para a Cultura) etc.

Não são editoras convencionais, daquelas que te publicam somente se você for um autor best-seller (Autor cujos livros figuram nas listas dos mais vendidos publicadas em jornais e revistas) ou te cobram horrores com a promessa de te fazer famoso (a).

Elas publicam livros em dois formatos: Impresso em papel e/ou digitalizados em e-books (Livros digitais para serem lidos em tablets, celulares, computadores, PDAs, e-readers etc).

Você mesmo (a) faz o upload (insere) do seu texto na plataforma, cria a capa, diagrama (elabora o formato), escolhe quanto quer ganhar de royalties (Direitos autorais), publica, divulga, espera o relatório de vendas e o dinheiro dos livros vendidos cair na conta. Sem falar, pessoalmente, com ninguém.

Teste: Clube de Autores (www.clubedeautores.com.br/users/sign_in) e Amazon (https://kdp.amazon.com/pt_BR/).

P.S.: A Coluna Fato Inovador faz 1 ano amanhã (08/11/2018). Parabéns para nós!

 

Joaquim Neiva é Jornalista e Gestor de Marketing Digital e Mídias Sociais na Empresa Fazejamento Digital. (WhatsApp: 28 98814-6228)


Marketing digital para pequenas e médias empresas

Há muito tempo vem se discutindo que, para uma pessoa que tenha um negócio e deseje aumentar seus lucros, apenas estar presente na internet não é garantia de que seus resultados financeiros irão bombar e que ela será um verdadeiro guru online de um determinado tema.

Ou seja, possuir um site ou um perfil em redes sociais de nada adianta de sua empresa não investir em estratégias eficazes em marketing digital e que contemple esses espaços, independente se seu e-commerce é pequeno, médio ou grande.

O problema aqui é que muitos empresários, principalmente os menores, ainda enxergam no marketing digital um desperdício de tempo e de dinheiro. Para eles, trabalhar esse tipo de estratégia não é necessário. Seu negócio crescerá muito bem sem ele.

Esse pensamento, além de muito retrógrado, pode acabar trazendo enorme prejuízo ao seu negócio, que deixa de aproveitar seu potencial e fica estagnado.

 

Como fazer Marketing Digital em pequenas e médias empresas

Os pequenos e médios empresários que desejam investir em marketing digital podem começar focando sua estratégia nos anúncios do Facebook. Esse tipo de propaganda é muito útil pois captura o público certo exatamente quando ele está mais propenso a consumir, ou seja, em seu tempo útil.

O mais interessante das ações de marketing digital no Facebook é o fato de que elas podem ser direcionadas para o público que dialoga com o seu negócio e que comprará aquilo que você está vendendo.

Vamos exemplificar: no Facebook, quando você vai construir um anúncio, pode ser muito específico, criando uma campanha para, por exemplo, mulheres que tenham de 30 a 60 anos, morem em Cachoeiro de Itapemirim e se interessem por artesanato.

Além disso, quando você anuncia no Facebook pode segmentar ainda mais, informando ao site se o objetivo do seu anúncio é vender ou conseguir mais engajamento para a sua página.

Se tornar destaque no Google

Quem tem um e-commerce, independente de seu porte, tem um sonho em comum: levar seu site para o topo de ranking do Google, sendo exibido como sugestão em praticamente todas as pesquisas.

Tornar esse desejo realidade é possível. Basta contar com a ajuda do Google Ads, a ferramenta de anúncios do Google. O Ads permite, por exemplo, que você coloque anúncios e links relacionados às suas marcas em listas que os internautas conseguem ver durante suas buscas.

No entanto, no Google Ads, as regras são mais difícil do que nos anúncios do Facebook, respeitando uma dinâmica de leilão. Ou seja, aqui as marcas que apresentarem as melhores estratégias para utilizar uma mesma palavra-chave conseguem se destacar e obter os melhores resultados.

No Google Ads, outra tática que pode trazer bom resultado é o uso de Cookies, memórias remotas de seu navegador. Quando as marcas utilizam esse recurso, a cada vez que você busca um determinado produto, passa a ver anúncios desta marca em todos os sites que visitar, mesmo que não tenha qualquer relação com a busca inicial.

Dica: Fique de olhos nas métricas de suas campanhas.


Design antigo em novo conceito de BlackBerry 

Projetado pelo designer Mladen Milic, o conceito de smartphone BlackBerry ACCESS possui um teclado QWERTY físico embaixo da tela, junto ao touchpad, para permitir que o dispositivo funcione em uma infinidade de orientações diferentes.

Esse design deslizante faz parte de um movimento do setor tecnológico de telefonia que visa oferecer aos consumidores um novíssimo produto baseado em antigos designs que valem a pena atualizar.

Os principais recursos do ACCESS: Teclado físico com Touchpad, alto-falantes duplos montados na lateral, quadros laterais curvados, visor de slides de 6" e câmera traseira dupla. O design lembra o conceito Samsung OXYGEN.

Parece que realmente querem trazer de volta o telefone do icônico estilo sidekick.

Resta saber se trazer de volta esse estilo, sem sacrificar o tamanho e o peso do celular, vai encontrar quem compre pelo prazer de reviver tempos idos.


Espelho, espelho tecnológico meu... 

A Orwellian, Empresa de Taiwan, lançou recentemente o HiMirror Mini Premium, um "espelho" de cosmetologia "inteligente", equipado com câmera de alta resolução e tela LCD touchscreen de 10 polegadas.

O dispositivo não só mostra o reflexo do rosto, mas também complementa a imagem, em tempo real, com todos os tipos de recomendações úteis.

O gadget (aparelho tecnológico) é baseado na tecnologia Skin Analysis Engine X, e é projetado para reconhecer os dez principais defeitos cosméticos: Pigmentação, formações dolorosas (espinhas, herpes etc), poros abertos (dilatados), hidratação, manchas escuras, manchas vermelhas, olheiras, dobras, rugas e linhas de expressão.

As principais tarefas do espelho inteligente são a demonstração de falhas estéticas no rosto, a proposta de métodos para sua eliminação e dicas sobre seu disfarce com maquiagem. Detecta tudo, mostra no visor e sugere correções.

Custa 259 euros na Europa.

Comentários

VEJA TAMBÉM...