A caneta turbinada do Galaxy Note 9 - Jornal Fato
Fato Inovador

A caneta turbinada do Galaxy Note 9

A pré-encomenda do novo Smartphone Note da Samsung já está liberada nos Estados Unidos


A pré-encomenda do novo Smartphone Note da Samsung já está liberada nos Estados Unidos. Vendas em lojas e no site somente a partir do dia 24 de agosto. Custa US$1.000,00.

Dentre as inovações do Galaxy Note 9 destacamos as novas funcionalidades da sua tradicional caneta S Pen, que conta agora com Bluetooth Low Energy (há uma antena dentro da caneta).

Você ainda pode escrever, desenhar, navegar e criar mensagens ao vivo com ela, mas, agora, o botão da S Pen permite ações, que podem ser acionadas por Bluetooth, para diferentes aplicativos.

Você pode utiliza-la, por exemplo, como "controle remoto" para tirar fotos, inclusive selfies, com o aplicativo de Câmera. Além disso, pode controlar o PowerPoint para avançar slides, reproduzir ou avançar músicas no Music Player e usar inúmeros aplicativos, como o Spotify, a 9 metros de distância.


O que a Nave Espacial da NASA foi fazer no Sol? 

A nova missão espacial da NASA, que lançou, no último domingo, a nave Parker Solar Probe (PSP) até "tocar o Sol", custou a bagatela de US$ 1,5 bilhão.

Mas o que a NASA foi fazer no Sol?

Bem, a resposta mais óbvia é que querem entender os Ventos Solares (Fluxo de prótons, elétrons e íons, que o Sol irradia) e aprender a proteger os Satélites Artificiais, que são negativamente afetados pelo fenômeno.

Outra coisa que intriga os Cientistas é o fato de não saberem porque a Corona Solar (Aquela coroa de plasma que se vê nos eclipses) é mais quente (2 milhões de graus Celsius) que a superfície do próprio Sol (Varia de 3,7 mil a 6,2 mil graus Celsius) e também como as partículas energéticas do Sol são aceleradas a velocidades próximas à velocidade da luz.


A Revolução Educacional da Indústria Chinesa 

Devido à grande procura mundial, os custos dos Recursos Humanos na China Socialista aumentaram consideravelmente. Isso, na proporção em que seus produtos melhoraram em qualidade.

Países como Vietnã e Bangladesh vão paulatinamente ocupando o posto deixado gradativamente por ela, na fabricação de produtos de baixo custo, devido à exploração de mão-de-obra barata, quase escrava, enquanto a gigante asiática, antes conhecida por seus gadgets de péssima qualidade, surpreende tecnologicamente, após investir pesado na "produção" de Engenheiros e na promoção de MBAs (Cursos de pós-graduação destinados a Administradores e Executivos das áreas de gestão de empresas e/ou de projetos).

Engenheiros desenvolvem novos recursos e funcionalidades, enquanto os graduados em gerenciamento vendem os produtos a baixo custo e, até mesmo, criam novos modelos de negócios e inovações comerciais.

Sobram na China técnicos qualificados entre médios e altos, que recebem salários também em ascensão e trabalham, em média, duas vezes mais que seus colegas americanos, por exemplo.

Os EUA também despontam em Engenharia e MBAs, mas o ensino superior dos americanos é muito caro.

Investindo em Universidades, com um mercado interno de mais de 1,3 bilhão de pessoas, uma economia em rápido crescimento e uma classe média em ascensão, vai ser difícil evitar a liderança econômica mundial do Dragão Chinês.

O Brasil, por ser parceiro da China no BRICS, bem que podia surfar nessa onda, mas preferiu o golpe político, que está nos levando para um buraco neoliberal sem fundo. Triste.

 

Joaquim Neiva é Jornalista e Gestor de Marketing Digital e Mídias Sociais na Empresa Fazejamento Digital. (WhatsApp: 28 98814-6228)


5 perguntas para ter um bom planejamento digital

A primeira coisa é dizer que o Marketing Digital não é apenas ter uma página na internet, enviar alguns e-mails ou publicar nas redes sociais. Caminhando com o Marketing Digital devem estar o planejamento e a estratégia.

Quem eu desejo comunicar?

A essência do Marketing Digital está no seu conteúdo, seja ele textual ou visual. É por isso que você deve saber para quem você estará falando. E a resposta deverá ser além do seu público-alvo. É preciso que a sua empresa conheça melhor os seus clientes, entendendo que os consumidores estão a todo o momento pesquisando e consultando sobre o mercado e, assim, conhecendo os produtos, os serviços e as empresas. Isso significa que, se os clientes estão mais informados, é um dever que a sua empresa saiba todas as informações sobre os clientes.

É por isso que você tem que definir os personagens virtuais que irão interagir no seu negócio. Com formulários e pesquisas, você conseguirá desenhar uma personagem como "Maria, 30 anos, empresária, trabalha por 8 horas por dia e busca soluções para gerir a sua vida financeira via telemóvel". De forma mais clara, é mais fácil ter a percepção de quem são as pessoas a quem se está querendo falar, assim como deve ser o seu tom de comunicação.

O que dizer?

Após a primeira pergunta, a questão seguinte é sobre o que dizer. É preciso criar meios que responderão às questões. Como a Maria, seria necessário informar a importância de ter uma gestão financeira e como aplicá-la por meio de uma ação, até que chegue ao ponto de poder apresentá-lo á sua personagem. O destaque disso é: sabendo as perguntas, as respostas ficarão mais fáceis de serem dadas.

Qual é o objetivo da minha estratégia?

Criar uma consciência de marca, compartilhar o lançamento de algo novo, garantir mais acessos e vender mais na loja online. Quando você for elaborar a sua estratégia de Marketing Digital, é fundamental que estabeleça objetivos que sejam fáceis de serem observados quanto ao seu sucesso.

Onde fazer a comunicação?

Felizmente, os tempos mudaram e hoje, as redes sociais são a garantia de espaço para novas empresas, independente do tamanho delas. Ao responder as duas primeiras perguntas, você precisa definir onde está o seu público-alvo. Facebook? Instagram? Linkedin? Ou em um site específico sobre o seu produto? O mais importante é chegar ao seu alvo.

Como fazer essa comunicação?

A parte mais difícil é colocar a estratégia definida em prática. O Marketing Digital exige um investimento de médio a longo prazo, obedecendo esse tempo para se obter retorno, abrangendo datas importantes no mês, identificando as temporadas altas e baixas relacionado às vendas. E, além desse calendário, é preciso definir quais os canais de comunicação valerá a pena manter, fazendo a comunicação com eles.

Independente de estar presente no mundo virtual, a sua empresa tem que se fazer presente. Respondendo às questões acima descritas, você conseguirá definir boas estratégias de Marketing Digital. Sem atropelos, a palavra é planejamento. Planeje-se e tenha uma boa estratégia de marketing digital.

 

Cleiton Martins é especialista em venda online

Comentários

VEJA TAMBÉM...