Judoca cachoeirense retorna aos treinos após lesão na coluna - Jornal Fato
Esportes

Judoca cachoeirense retorna aos treinos após lesão na coluna

Por sorte, a atleta não perdeu os movimentos, já que apenas 1% saem sem sequelas deste tipo de fratura


Após três meses afastada dos tatames por conta de uma grave lesão na vértebra cervical de grau II, a judoca cachoeirense, Samara Contarini, de 19 anos, voltou a treinar nesta quarta-feira (11).

O retorno da atleta que estava previsto para acontecer cinco meses após a cirurgia, foi antecipado. Samara retornou após três meses de recuperação. Ela sofreu a lesão em abril deste ano, quando aplicou um golpe na adversária e caiu de mau jeito.

A lesão é considerada gravíssima, uma vez que todos os ligamentos da vértebra romperam e chegaram à medula da atleta. Se a luxação fosse grau 3, ela teria perdido os movimentos.

Segundo a judoca, ela ainda está em recuperação, e retornará aos treinos gradativamente. Apesar da gravidade, Samara está inclusa do grupo dos 1% que após este tipo de lesão saem sem sequelas. A atleta precisou colocar quatro parafusos e uma placa no pescoço.

Esta não foi a primeira vez em que a judoca precisou se afastar do esporte por causa de lesões, mas segundo ela, isso a deixa mais forte.

"Não é a primeira vez fora do tatame por conta de lesões, mas acredito que seja o que está fazendo com que eu volte mais forte que nunca"

Futuro

Atualmente morando em São Paulo, a atleta do Esporte Clube Pinheiros, desde 2016, está focando na a seletiva olímpica Tokyo 2020.

"Minha meta é estar 100% até dezembro para disputar a seletiva nacional sub21 e possivelmente a seletiva olímpica Tokyo 2020. Estou bem determinada e estarei preparada até lá. Estou tendo uma ótima recuperação, sinto muita gratidão por estar tendo uma nova chance e estou focada nos treinos.

Samara concilia os treinos junto à faculdade de fisioterapia, ela luta desde os 10 anos e já coleciona medalhas. Por fim, a atleta agradeceu o apoio dos treinadores e agradeceu aos capixabas que estão torcendo pelo seu retorno às disputas.

"Agradeço aos familiares, amigos, aos técnicos Pedro Paulo Corrêa, Carlos Magno Santos, Neandro Senna e Francisnei Fernandes, que estão comigo desde o início, a todos os capixabas que estão na torcida também. Obstáculos foram feitos pra serem superados, estou vivendo um grande desafio dia após dia, está sendo emocionante", finalizou.

Comentários

VEJA TAMBÉM...