Esportes

Ciclistas vão pedalar 9 horas de Cachoeiro ao Convento da Penha em Vila Velha

Durante o percurso de 160 quilômetros, os romeiros vão fazer paradas para descansar e rezar em agradecimento às bênçãos alcançadas.


Rafaela Thompson

 

Uma mistura de fé, disposição e devoção. Um grupo de 35 ciclistas de Cachoeiro de Itapemirim, Atílio Vivácqua, Itapemirim e Marataízes, vai pedalar cerca de 9 horas até o Convento da Penha, em Vila Velha, no próximo sábado (7).  

A expectativa é de que os amigos cheguem ao destino às 8h de domingo (8), para celebrar a Festa da Penha, que teve início no dia 1º de Abril e segue até a próxima segunda-feira (9), na Prainha. A saída é na noite de sábado (7), da Matriz Velha, no bairro Independência, em Cachoeiro de Itapemirim.

Durante o percurso de 160 quilômetros, os romeiros vão fazer paradas para descansar e rezar em agradecimento às bênçãos alcançadas.

O grupo vai realizar pela segunda vez a romaria ciclística para homenagear a padroeira. No ano passado, o grupo fez a pedalada com 15 participantes. A novidade deste ano, é que dos 35 ciclistas, cinco vão retornar a Cachoeiro pedalando. Ou seja, um desafio dobrado.  

Amor ao pedal

"Minha paixão pela bike é antiga, desde a infância.  A bike era durante minha adolescência, um meio de transporte e laser. Após 15 anos sem pedalar, voltei a me exercitar por meio do esporte. Tive a sensação de ter hoje a metade da idade que tenho [risos]. Tenho mais saúde, condicionamento físico e vontade de viver. Digo sempre que a cada pedal, uma nova história se escreve no livro da vida", comentou o apaixonado pelo esporte, Viana Borelli.

Para Andreza Dias, a sensação é de renovação. "Ter 34 com a sensação de 17 é bom demais! Depois que comecei a pedalar, sou uma pessoa bem melhor. Tenho a impressão de que um dia de pedal é como se tivesse tirado férias coletivas ou feito uma viagem. O esporte tem me feito muito bem.", comentou a ciclista.

Comentários

VEJA TAMBÉM...