Violência: contextos e desafios em debate - Jornal Fato
Especial

Violência: contextos e desafios em debate

O seminário busca ampliar o acesso dos cidadãos às informações sobre os diversos tipos de violência contra a mulher


Noemi, uma das organizadoras, diz que a intenção é ampliar o acesso dos cidadãos às informações sobre os casos (Fotos: Divulgação)

Fortalecer o processo de informação sobre os índices de violência no município de Cachoeiro de Itapemirim. Este é o objetivo maior do seminário "Violência Contra a Mulher: Contextos e Desafios", marcado para esta sexta-feira (09), no auditório do Bristol Easy Hotel, no período das 19h às 21h.  

 

"Neste momento em que se valoriza tanto a mulher, não podíamos deixar passar essa oportunidade de tratar um assunto de extrema relevância", diz Noemi Borges, organizadora por meio da Fundação Milton Campos para Pesquisas e Estudos Políticos.

 

O seminário, segundo ela, busca ampliar o acesso dos cidadãos às informações sobre os diversos tipos de violência contra a mulher.

 

Viviane Laiber, mestre em Ciências Criminológicas pela Universidade de Roma (Itália), está entre as palestrantes

Procura ainda dialogar com outras políticas intersetoriais, promovendo a interlocução e a ação conjunta nos territórios da assistência social, saúde, educação, entre outras áreas envolvidas no processo de discussão sobre redução de danos.

 

O seguinte apelo está em destaque no material de divulgação do evento: "Basta, denuncie. Ligue 180 ou 181".

 

Inscrições

 

As inscrições são gratuitas, e feitas online ou na hora do congresso. O link é (docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSe6YaT8-UiZsNoDOM7bosP7ak7uWFTSnrEd2dcYsYs6ibXDaA/viewform).

 

Quem tiver dificuldade para se inscrever pela internet pode entrar em contato com a organização (pelo número telefônico 28 99961-5363), que Noemi realiza o procedimento na hora.

 

Os 150 primeiros inscritos receberão certificado de participação (três horas).

 

Amparo

 

Noemi Borges enumera os objetivos específicos do seminário: construir uma rede de parceria através dos processos de socialização de informações sobre o índice de violência contra as mulheres no Estado, envolvendo a sociedade civil, entidades, universidade, entre outros, visando à inclusão social das vítimas nas políticas públicas oferecias nas três esferas de governo (federal, estadual, municipal).

 

Proporcionar o desenvolvimento e fortalecimento de ações intermunicipais, promovendo a interlocução e a ação conjunta entre os municípios, tendo em vista o desenvolvimento humano e social das mulheres vítimas de violência.

 

Potencializar o acolhimento e o encaminhamento delas na rede comunitária de serviços.

 

Conteúdo programático:

 

Débora Blunk abordará "Violência Doméstica: Manutenção do Relacionamento Violento e a Naturalização das Atitudes Violentas".

 

Viviane Laiber falará sobre "Enfrentamento à Violência contra a Mulher a partir do Trabalho junto ao Agressor".

 

Sobre as palestrantes:

 

- Débora Blunk, bacharel em Direito, graduada pela Faculdade de Direito de Cachoeiro de Itapemirim (FDCI). Psicanalista clínica e formada em Teologia na Faculdade de São Bernardo do Campo. Componente do corpo técnico da diretoria da Penitenciária Carlos Fernando Monteiro Lindemberg, também foi assessora da Câmara Municipal de Cachoeiro de Itapemirim e conselheira tutelar.

 

- Viviane Laiber, administradora de empresa, advogada formada em Cachoeiro de Itapemirim, mestre em Ciências Criminológicas pela Universidade de Roma "La Sapienza" (Itália).

Comentários

VEJA TAMBÉM...