Crianças exigem cuidado redobrado - Jornal Fato
Especial

Crianças exigem cuidado redobrado

Pediatra do Hospital Infantil lista importantes precauções para que bem-estar das crianças seja preservado durante as férias


Com a chegada das férias escolares e do momento mais esperado do verão, que é o mês de janeiro, as famílias aproveitam para estar mais com as crianças e levá-las à praia e piscina.

 

"Nesta fase nos deparamos com vários riscos aos quais nossas crianças estão expostas. É necessário estar atentos a estes riscos para que a saúde das crianças seja preservada durante este momento de lazer", observa a pediatra Katia Valéria Manhabusque, coordenadora do Programa de Residência Médica em Pediatria do Hospital Infantil Francisco de Assis e professora de Pediatria da Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (Emescam).

 

Na seguinte entrevista, a médica lista algumas dicas importantes:

 

Exposição ao sol

 

"A exposição solar é importante para a criança, o chamado 'sol amigo' (antes das 10h00 e depois das 16h00) é fonte de vitamina D, sendo essencial. Porém, sempre acompanhado do filtro solar na versão infantil com FPS 30 ou mais e repetindo a aplicação a cada duas horas, mesmo em dias nublados. O uso de viseiras, chapéus e bonés e algumas roupas específicas para exposição solar ajudam muito. Lembrando que os protetores não estão indicados para menores de seis meses".

 

Picadas de insetos

 

"São muito comuns no verão, em especial no final da tarde. Bons recursos para evitá-los em casa são repelentes de ambiente e repelentes aplicados na pele em versão para criança. Também não são recomendados para menores de seis meses".

 

Hidratação

 

"Muitas vezes as crianças, por estarem empolgadas com suas brincadeiras, esquecem de ingerir líquidos, lembrem de oferecer. Ofereça regularmente sucos, chás, água de coco. A hidratação da pele também é muito importante e deve ser diária, com hidratantes para crianças".

 

Alimentação

 

"É comum no verão que as comidas ofereçam maior risco, por estragarem com mais facilidade, especialmente quando expostas ao calor e ao sol. Dê preferência a preparar em casa os alimentos antes de sair para a praia. Lave bem frutas e guarde-as em recipientes térmicos. Frutas, como melancia, melão, pera e maçã, são excelentes opções no verão".

 

Acidentes

 

"Os pais e cuidadores devem redobrar a atenção quanto ao risco de afogamento, uma das principais causas externas de morte em crianças maiores de quatro anos. Nunca deixe a criança sozinha perto de piscinas ou do mar, e não se esqueça das boias. Outros acidentes mais comuns no verão são com bicicleta e patins. O kit com capacete, joelheira e cotoveleira deve estar presente".

 

Ouvido

 

"Pode ser parcialmente protegido com uso de tampões específicos para este fim, evitando assim a otite externa, que é extremamente dolorosa e muito frequente nesta época do ano".

 

Olhos

 

"Tanto na piscina quanto na praia há irritantes para olhos que podem causar ardência, vermelhidão e inchaço. Use, neste caso, água fria filtrada para higiene e procure um especialista".

Comentários

VEJA TAMBÉM...