Ocupação Social contrata 26 bolsistas - Jornal Fato
Emprego

Ocupação Social contrata 26 bolsistas

As inscrições começam nesta terça (17) e seguem até dia 25 de abril


Inscrições abertas para o processo de seleção de 26 bolsistas que vão atuar em todas as comunidades atendidas pelo Ocupação Social. As vagas são para oficineiros, que serão responsáveis em realizar atividades culturais e artísticas, com técnicas de engajamento dos jovens. As inscrições começam nesta terça (17) e seguem até dia 25 de abril.

Será contratado um bolsista por bairro assistido pelo programa. O link de inscrição está no www.direitoshumanos.es.gov.br. Para participar é preciso ter 18 anos ou mais, de idade, e nível médio completo, entre outros requisitos que podem ser conferidos no edital.

Além da idade e da escolaridade exigidas, o candidato à bolsa precisa ter habilidade com oficinas culturais e artísticas, mais aptidão para trabalhar com jovens.

Parceria

As bolsas são disponibilizadas pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos (SEDH), coordenadora do programa Ocupação Social, em ação realizada junto com o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) e em parceria com a Fundação de Amparo e Apoio à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes).

A atuação dos bolsistas selecionados também servirá como material de análise para pesquisa aplicada no monitoramento e avaliação de ações desenvolvidas dentro do programa, com o uso de técnicas de engajamento de jovens nos bairros moradores de contemplado pelo Ocupação Social, resultando na melhoria da gestão e das políticas públicas.

Seleção

Serão realizadas três etapas de seleção, dos bolsistas. A primeira será a análise de currículo do candidato, exclusivamente com base na ficha de inscrição, seguida de entrevista, na qual o (a) candidato (a) deverá ter em mãos uma cópia do portfólio de fotos e comprovação de trabalho com oficinas realizadas anteriormente. A última etapa será de análise da documentação apresentada à Fapes, após classificação.

Todas as etapas são eliminatórias, sendo a primeira e a segunda também classificatórias. Os candidatos serão avaliados e classificados segundo a adequação com os requisitos essenciais e desejáveis para as respectivas vagas e conforme os critérios de seleção e entrevista apresentados nos itens 4 e 9 do edital.

A bolsa é de R$ 800, com carga horária de 30 horas semanais, com duração de seis meses, podendo ser prorrogada.

O resultado da primeira etapa está previsto para o dia 26 de abril, com as entrevistas sendo realizadas entre os dias 02 e 04 de maio. A lista com os nomes dos selecionados deverá ser publicada em 07 de maio, com os bolsistas tendo prazo até dia 11 de maio para realizar o cadastramento junto à Fapes. A previsão é de iniciar as atividades até dia 01º de junho.

Clique aqui e confira o edital.

Ocupação Social

O Programa tem como principal objetivo reduzir os índices de homicídio entre os jovens, que historicamente representam 40% das vítimas de crimes contra a vida, no Espírito Santo.

São 26 bairros atendidos, entre Grande Vitória e interior, identificados como áreas de alta vulnerabilidade. Para mudar essa realidade, o Ocupação Social busca levar novas oportunidades ao público jovem, a exemplo de cursos profissionalizantes, de ações de promoção e formação em empreendedorismo, junto com projetos de geração de renda, acompanhados de atividades culturais e esportivas.

Confira as 26 áreas contempladas pelo programa:

- Nova Palestina e Região do Bairro da Penha (Bonfim, Itararé, São Benedito, Gurigica, Engenharia, Jaburu e Morro da Floresta ) de Vitória;

- Barramares, Ulisses Guimarães, Boa Vista (I e II), São Torquato e Santa Rita, de Vila Velha;

- Feu Rosa, Vila Nova de Colares, Jardim Carapina, Novo Horizonte, Planalto Serrano, Central Carapina e Bairro das Laranjeiras, da Serra;

- Castelo Branco, Nova Rosa da Penha, Flexal II e Nova Esperança, de Cariacica;

- Zumbi, de Cachoeiro de Itapemirim;

- Ayrton Senna e Bela Vista, de Colatina;

- Interlagos e Aviso, de Linhares;

- Vila Nova e Bom Sucesso, de São Mateus;

- Pinheiros (parte urbana da cidade).

Comentários

VEJA TAMBÉM...