Os 70 anos de conquista do Itabira - Jornal Fato
Emancipação

Os 70 anos de conquista do Itabira


Fotos: Paulo Henrique Thiengo

 

á 70 anos acontecia em Cachoeiro de Itapemirim um feito até então considerado impossível. Seis alpinistas cariocas e o cachoeirense Amâncio Silva conseguiram alcançar pela primeira vez o topo do Itabira, principal cartão postal do município, após 19 dias de escalada.

 

O historiador e montanhista Márcio Nascimento frisou sobre a dificuldade daquele feito. "Se até hoje o Itabira é uma montanha difícil de ser vencida, quanto mais naquela ocasião, quando não havia grampos na pedra. Eles que instalaram. Mesmo assim, por 40 anos foi considerada a montanha mais difícil de escalar do Brasil", ressaltou.

 

Márcio ressalta que aqueles alpinistas instalaram na montanha os grampos "pés de galinha", que atualmente estão ultrapassados. O percurso escolhido por eles ficou conhecido por Via da Conquista, mas há outras vias, como a Chaminé Cachoeiro, a mais famosa.

 

Márcio lembra que o grupo de cariocas chegou a Cachoeiro de trem, descendo na estação do bairro Guandu, no dia 4 de junho. Em seguida, os alpinistas foram se apresentar ao prefeito Antenor Moreira Fraga, que ofereceu apoio logístico.

 

Em 2007, quando eram comemorados os 60 anos da conquista, a reportagem conversou com o ex-alpinista Reinaldo Behnken. Ele, que na ocasião da escalada tinha 21 anos, contou que para alcançar o topo da montanha o grupo dormia preso a cordas.

 

Do alto do topo, os alpinistas soltaram fogos de artifício para comemorar a conquista. De volta ao centro, foram recebidos como heróis.

 

"Os cariocas nem sabiam, mas haviam acabado de lançar a prática do alpinismo no Estado e ajudaram a transformar Cachoeiro na Meca dos alpinistas", ressaltou o historiador.

 

Para comemorar aquele feito histórico, a ONG Caminhadas e Trilhas realiza no dia 1º de Abril uma caminhada até o Pico do Itabira. Por meio de trilhas, os participantes vão poder chegar à base da montanha.

 

Durante a caminhada, de nível médio para puxado, os participantes vão poder conhecer mais sobre a conquista de 1947 e sobre a imponente montanha, que já foi venerada pelos índios.

 

O passeio vai custar R$ 30, dando direito a café da manhã, guias e ao seguro aventura. Informações sobre a caminhada com o organizador do evento, João Luiz Madureira, no telefone 28 99915-6889.

Comentários

VEJA TAMBÉM...